terça-feira

, 16 de agosto de 2022

Munícipio de Cipotânea promove copa de futebol amador em homenagem ao Padre Rogério Venâncio Resende

19 de abril de 2022 Arquidiocese

No dia 03 de abril, a cidade de Cipotânea (MG) prestou uma linda homenagem ao seu Pároco, Padre Rogério Venâncio Resende. Em forma de gratidão, a cidade criou a Copa Padre Rogério de Futebol Amador, como forma de reconhecimento aos 52 anos que ele atua, com dedicação e amor, em sua missão na Paróquia de São Caetano.

A iniciativa, proposta pela Prefeitura Municipal e pela Câmara de Vereadores, logo foi aderida pelos moradores locais. Os jogos seguiram animados e com a presença do Padre Rogério que, para o momento, escolheu vestir o uniforme do Clube Atlético Mineiro, seu time de coração. À ocasião, ele ainda disputou uma partida, com direito a realizar uma cobrança de pênalti, participando, como sempre, efetivamente junto a cidade que o acolheu.

O evento contou ainda com a presença do Vigário das Paróquias de São Caetano (Cipotânea) e São José (Alto Rio Doce – MG), Padre Carlos Heitor Fideles, do Prefeito Municipal, Roberto Henriques de Oliveira, e outras autoridades políticas.

Em conversa, Padre Rogério afirmou ter ficado feliz com a gratidão do povo pela Paróquia e por ele e que essa homenagem é reflexo da bondade das pessoas da cidade e das comunidades, cabendo a ele somente agradecer. Além disso, ele contou que até os 79 anos jogava futebol, entretanto, precisou parar devido à problemas nos joelhos.

Em depoimento, o casal coordenador da Pastoral Familiar da Paróquia de São Caetano, Sílvia Moreira Pereira e Anízio Caetano Pereira, resumiu a representação do sacerdote para Cipotânea. “Um homem bom, justo e honesto. Exemplo de humildade. Está sempre com um sorriso e tem uma alegria que contagia a todos. Como Bom Pastor, leva a Palavra de Deus em cada canto de nossa cidade celebrando em todas as capelas. Só temos que agradecer a Deus pela vida e presença dele em nosso meio. É uma bênção em nossas vidas”, destacou o casal.

“Padre Rogério tem todas as qualidades boas, uma pessoa com o coração bondoso demais. O povo, aqui, o ama demais”, reforçou a paroquiana Sirlene de Oliveira Guimarães.

Texto: Ana Paula Mendes dos Santos

Fotos: Casa da Cultura Xopotoense – Secretaria de Cultura Esporte e Turismo

Agenda