sexta-feira

, 19 de abril de 2024

Padre José Afonso de Lemos toma posse como Pároco na Paróquia São Sebastião, em Ponte Nova

16 de março de 2023 Arquidiocese

“Senhor se Tu me chamas. Eu quero te ouvir. Se queres que eu te siga. Respondo: eis-me aqui”.

Aos cantos da melodia “Se Tu me Chamas” e com Igreja Matriz lotada de fiéis leigos, religiosos e sacerdotes da Arquidiocese de Mariana, foi realizada a cerimônia de posse canônica do Padre José Afonso de Lemos como Pároco na Paróquia São Sebastião, em Ponte Nova (MG), na última segunda-feira, 13 de março.

O Arcebispo de Mariana, Dom Airton José dos Santos, presidente da celebração, enfatizou no início da celebração que a Paróquia de São Sebastião recebia com muita alegria o seu novo Pároco, que obediente à palavra de Deus e ao sacerdócio, acolheu o chamado para cuidar da comunidade pastoral.

“Hoje, de modo muito especial, essa paróquia se alegra com o seu novo pároco. Nós estamos aqui para trazê-lo. A Igreja destina os padres para os seus serviços. Os párocos têm um especial serviço na Igreja: serem o pastor próprio do povo que lhe es entregue. O Pastor, antes de tudo, dar a vida por suas ovelhas. Não pensa em si mesmo, mas se coloca a serviço, dando a vida cotidianamente, a todo instante, por todos aqueles que Deus colocou aos seus cuidados”, disse Dom Airton.

Bem no início da celebração foi realizado o rito de posse do novo Pároco da Paróquia São Sebastião, que se comprometeu a trabalhar a caridade com a comunidade de fiéis que lhe foi confiada e passou a poder celebrar a Eucaristia duas vezes ao dia e até três vezes aos domingos. Na oportunidade também, o Padre José Afonso leu a sua Profissão de fé, a declaração pública das suas crenças e dogmas religiosos. Ele ainda realizou a leitura do Evangelho (Lc 4,24-30).

Em seguida, Dom Airton José dos Santos fez uma reflexão sobre o Evangelho e enfatizou a importância do trabalho realizado pelo Pároco. “De vez em quando a gente anda por aí e encontra alguns exemplos, o caminhão caiu no buraco, um carro bateu em uma árvore ou bateu em outro carro, por quê? Ficou desgovernado. Por isso, é preciso ter um guia. O guia é aquele ajuda tudo a caminhar, dentro daquilo que é o projeto de Deus. O pároco então faz isso. Ajuda a comunidade de fé a fazer o seu caminho para Deus. E nesse sentido ele se torna guia”, apontou.

Após a homilia, o Padre José Afonso de Lemos foi interrogado publicamente para manifestar sua disposição de cooperar com o Arcebispo Metropolitano e cuidar, com zelo, da paróquia que lhe foi entregue. Ele também fez o seu Juramento de fidelidade.

Para finalizar a celebração, as crianças da catequese da Paróquia São Sebastião percorreram o corredor central da Matriz cantando para o novo Pároco a música “Cantiga de Sacerdote”. “Sou quebradiço, meu Senhor. Por causa disso, meu Senhor. Conserta o que eu quebrar. Perdoa se eu errar. Corrige se eu falhar. Mas não me deixes… Não me deixes me afastar do teu chamado!”, cantaram as crianças.

Emocionado e esbaldando sorrisos de gratidão, o novo Pároco disse que “as crianças são sempre um sinal de Deus. É a pureza. Jesus diz que para ir para o seu tem que ser semelhante às crianças. Elas nos ensinam o tempo todo. E eu vejo crianças da nova Paróquia e crianças que vieram também de São Silvestre”, apontou.

Padre José Afonso ainda manifestou a sua gratidão por todos que passaram pela sua vida, principalmente, durante a sua trajetória sacerdotal. “Ao entrar nesta Matriz deparei-me com essa belíssima pintura do Cristo Bom Pastor, próximo à mesa da Palavra, na Palavra do Evangelho de hoje, Jesus visita Nazaré, em sua terra Natal, essa belíssima imagem fez com que eu revisitasse Paula Candido, minha querida terra, onde passei parte da minha vida e recordasse da minha Ordenação Presbiteral, que por sinal, o lema está em João 10-11, ‘eu sou o Bom Pastor, o Bom Pastor dá a vida por suas ovelhas’”, disse.

À ocasião, ele também recordou os dez do Papa Francisco à frente da Igreja Católica: “Hoje, celebramos 10 anos do pontificado do querido Papa Francisco, sucessor de São Pedro, Bispo de Roma, nesta noite, a palavra que me vem a mente é gratidão. Gratidão a Deus pelo ministério do Papa Francisco, que nos inspira e nos fortalece na missão, gratidão a minha família, gratidão ao Clero de Mariana, [que é] minha segunda família, gratidão as paróquias por onde passei e exerci a função de Pároco, contudo, quero agradecer de forma especial, aos fiéis da Paróquia de Cachoeira do Campo pela paciência que tiveram comigo no início do ministério”, enfatizou.

Por fim, Padre José Afonso falou sobre as suas expectativas para a vivência do ministério em uma nova paróquia. “Chego a essa Paróquia com o coração repleto de alegria e esperança. Estou ciente e sei das minhas inúmeras limitações, mas estou certo de que não estou sozinho nesta exigente missão. Toda mudança suscita em todos nós certa apreensão, nesta nova missão conto com os conselhos em suas diversas instâncias e atribuições, com as lideranças pastorais e pessoas de boa vontade, à luz do Projeto Arquidiocesano de Evangelização (PAE) que faz de nossa Paróquia a casa da Palavra, do Pão, da Caridade e da Ação Missionária”, ponderou.

Fotos: Thamires Sílvia

Agenda