domingo

, 14 de agosto de 2022

Papa envia mensagem sobre X Encontro Mundial das Famílias e lança logotipo do evento

05 de julho de 2021 Igreja no Brasil

Foto: Logo  do X Encontro Mundial das Famílias

O Papa Francisco publicou uma mensagem nesta sexta-feira (02) convidando as pessoas a participarem do X Encontro Mundial das Famílias, que será realizado entre os dias 22 e 26 de julho de 2022.  O tema será “O amor em família: vocação e caminho de santidade”. O encontro inicialmente estava previsto para ocorrer neste ano. No entanto, por conta da pandemia causada pelo coronavírus, o evento teve que ser adiado.

No vídeo publicado pelo Vaticano, o Santo Padre contou que o encontro decorrerá de uma forma inédita e multicêntrica – com iniciativas locais em dioceses de todo o mundo, semelhantes às que ocorrerão simultaneamente em Roma, sede do evento. Por isso, cada diocese pode ser o centro de um encontro local para suas próprias famílias e comunidades. Isso para que todos se sintam protagonistas em um momento em que ainda é difícil viajar por causa da pandemia.

“Na medida do possível, convido as comunidades diocesanas a organizar iniciativas a partir do tema do encontro, utilizando os símbolos que a Diocese de Roma está preparando. Peço que sejam dinâmicos, ativos e criativos, para se organizarem com as famílias, em sintonia com o que acontecerá em Roma”, apontou Francisco.

Confira a mensagem completa do Papa Francisco:

“Com o passar dos anos, este importante evento eclesial teve uma participação crescente das famílias. Os milhares de pessoas que participaram das últimas edições, com a riqueza das suas línguas, culturas e experiências, foram um sinal eloqüente da beleza da família para a Igreja e para toda a humanidade. Temos que continuar neste caminho, buscando a participação de um número maior de famílias nesta bela iniciativa”, avaliou o cardeal Kevin Farrell, Prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida.

“Trata-se de aproveitar uma oportunidade preciosa e única para reiniciar a pastoral familiar com renovado impulso missionário e criatividade, a partir das indicações que o Santo Padre nos dá na exortação Amoris Laetitia, ou seja, com o envolvimento dos cônjuges, os famílias e pastores juntos”, comentou o cardeal Vigário Angelo De Donatis.

Logotipo oficial do X Encontro Mundial das Famílias

O Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida também publicou nesta sexta-feira o logotipo oficial do o X Encontro Mundial de Famílias. O desenho lembra o formato elíptico da colunata de Bernini na Praça de São Pedro, lugar de identificação por excelência da Igreja Católica, e remete ao seu significado original, que é o abraço acolhedor.

As figuras humanas sob a cúpula e a cruz no topo, representam o marido, a esposa, os filhos, os avós e os netos. Trata-se de evocar a imagem da Igreja como “família de famílias” proposta por Amoris Laetitia. A cruz de Cristo que se eleva ao céu e os muros que o protegem parecem quase sustentados por famílias, autênticas pedras vivas de construção eclesial.

Do lado esquerdo, na linha tênue da colunata, observa-se a presença de uma família na mesma posição que as estátuas dos santos colocadas nas colunas da praça. Eles nos lembram que a vocação à santidade é uma meta possível para todos. Eles querem destacar como é possível viver a santidade na essencialidade da vida cotidiana.

A família da esquerda, que aparece atrás da linha da colunata, indica também todas as famílias não católicas, afastadas da fé e alheias à Igreja, que assistem de fora ao evento eclesial que está ocorrendo. A comunidade eclesial sempre os observou com atenção. Há também um dinamismo das figuras que se movem para a direita. Eles se movem para fora. São famílias em fuga, testemunhas de uma Igreja não autorreferencial. Vão em busca de outras famílias para tentar se aproximar delas e compartilhar com elas a experiência da misericórdia de Deus.

As cores predominantes, amarelo e vermelho, são uma clara referência ao brasão da cidade de Roma, numa linha gráfica que pretende expressar um vínculo intenso com a comunidade.

Jornal Pastoral

O Ano da “Família Amoris Laetitia” foi o tema da entrevista da edição de junho do Jornal Pastoral. Em conversa com o Assessor Arquidiocesano da Pastoral Familiar, padre Luiz Roberto de Souza, ele falou sobre a atuação da pastoral durante a pandemia, a exortação apostólica “Amoris Laetitia” e o ano da família convocado pelo Papa Francisco. Leia a entrevista aqui

Texto: Andre Luiz/Portal Vida e Família

CLIQUE AQUI E LEIA A EDIÇÃO DE JUNHO DO JORNAL PASTORAL

Agenda