sábado

, 13 de julho de 2024

Papa Francisco viajará à Hungria em abril

03 de março de 2023 Igreja no Mundo

Cristo é nosso futuro é o lema da viagem apostólica do Papa Francisco à Hungria, programada de 28 a 30 de abril de 2023. A frase pode ser lida no lado direito do logotipo da 41ª visita internacional do Pontífice. Ambos foram divulgados esta quarta-feira, 1º de março, pela Sala de Imprensa vaticana.

No logotipo, o elemento central é a Ponte das Correntes em Budapeste, a mais antiga ponte da Hungria que atravessa o Danúbio. Símbolo da capital e do país, originalmente construída para ligar as cidades de Buda e Peste, quer evocar o pensamento, reiteradas vezes lembrado pelo Papa, sobre a importância de construir pontes entre os homens.

Nos dois pilares da ponte estão as cores da Santa Sé (amarelo e branco) e as cores nacionais húngaras (vermelho, branco e verde). O logotipo é delimitado por um círculo que simboliza a Eucaristia, mas também o mundo redimido por Cristo.

No lado esquerdo do círculo, uma cruz lembra o discurso proferido por Francisco em 12 de setembro de 2021 em Budapeste, no qual fazia votos de que a cruz se tornasse uma ponte entre o passado e o futuro.

O programa da viagem

A partida do voo papal de Fiumicino está marcada para as 8h10 da sexta-feira, 28 de abril, e cerca de duas horas depois Francisco pousará no aeroporto internacional de Budapeste. Às 11h, haverá o momento das boas-vindas oficiais na praça do Palácio “Sándor”, residência da presidente húngara, Katalin Éva Novák. A seguir, haverá os encontros protocolares com o chefe de Estado, o primeiro-ministro, Viktor Orban, e com as autoridades e representantes da sociedade civil e o corpo diplomático. O dia se concluirá com o encontro do Papa com o clero, os consagrados, religiosas e seminaristas na Catedral de Santo Estêvão, às 17h.

A manhã do segundo dia terá como fulcro dois momentos dentre os quais a visita privada do Papa às 8h45 às crianças cegas hospedadas no instituto “Beato László Batthyány-Strattmann” –  nome em homenagem ao oftalmologista húngaro beatificado em 2003 – e a seguir, o encontro com os pobres e refugiados na Igreja de Santa Isabel da Hungria. Haverá também dois encontros na parte da tarde: às 16h30, o encontro com os jovens no ginásio esportivo “László Papp Budapest Sports Arena”, e às 18h, na nunciatura, o encontro privado com os confrades da Companhia de Jesus. No domingo, 30 de abril, será o momento da Santa Missa, que Francisco presidirá às 9h30 na Praça Kossuth Lajos, que será concluída com a oração do Angelus. Depois, na parte da tarde, às 16h, o encontro com os representantes do mundo universitário e da cultura antes da partida para Roma. A decolagem está prevista para as 18h e a chegada ao aeroporto de Fiumicino às 19h55.

Texto: Vatican News

Imagem: Vatican Media