segunda-feira

, 15 de agosto de 2022

Paróquia Santa Rita, em Viçosa, promove formação para Leitores

05 de fevereiro de 2020 Arquidiocese

Formar leitores para que tomem a consciência de que são “comunicadores do Reino de Deus”. Este foi um dos principais objetivos da Formação para Leitores das celebrações litúrgicas promovida pela paróquia de Santa Rita de Cássia, Região Pastoral Mariana Leste, em Viçosa, no último dia 30.

A formação foi promovida pela equipe de liturgia paroquial e contou com a participação dos seminaristas da paróquia, Róbson Chagas (teologia), Lucas Santiago (teologia) e Samuel Lopes (propedêutico), além de um grande público que esboçou grande entusiasmo em colocar em práticas as orientações.

Na liturgia, a Palavra constitui um momento muito elevado, é a presença salvífica, é Deus quem fala às mentes e aos corações da assembleia. Por isso, essa formação se caracteriza como momento de extrema importância e reconhecimento de que a Palavra de Deus é central e fonte fecunda de transformação de quem a acolhe com o coração.

O pároco, padre Paulo Dionê Quintão, esteve na formação e expressou como é importante momentos como este para a paróquia: “Trata-se de um momento de suma importância, uma vez que, a Palavra de Deus precisa ser proclamada com nitidez, com clareza, com convicção, com fé e a formação contribui muito neste caminho de uma comunidade que, para proclamar a Palavra, faz a Leitura Orante da Palavra de Deus, a acolhe em seu coração e proclama-a na liturgia”, destacou.

A coordenadora paroquial, Maria das Dores, ficou muito satisfeita com a formação e acentuou que precisamos de bons leitores: “Creio que orientar e conscientizar os leitores que eles desempenham uma missão dentro das celebrações, a qual é preciso realizar com amor e dedicação, procurando sempre a maneira correta, para melhor proclamar a Palavra de Deus, é muito importante”, frisou.

A participante da formação e agente de pastoral da paróquia, Silvania Chain, também esboçou a grande contribuição que o momento proporcionou: “Foi muito bom! Eu recordei muita coisa. É muito rico aprender para celebrar bem e compreender a importância da mesa da Palavra e da Eucaristia”, disse.

A formação contou com quase setenta pessoas e já tem previsão de um segundo momento no mês de abril.

Agenda