sexta-feira

, 12 de julho de 2024

Paróquias de Mariana se reúnem para solenidade de Corpus Christi

16 de junho de 2017 Arquidiocese

As comunidades das paróquias Nossa Senhora da Assunção, Sagrado Coração de Jesus e futura paróquia Nossa Senhora Aparecida se reuniram nessa quinta-feira (15) para missa da Solenidade de Corpus Christi, celebrada pelo arcebispo Dom Geraldo Lyrio Rocha na Praça dos Ferroviários, em Mariana.

Durante a homilia, Dom Geraldo destacou que a solenidade estava emoldurada pelo Ano Mariano, meditando assim sobre os vínculos misteriosos entre Maria e a Eucaristia “Seguindo os passos de Maria, vamos percebendo sua relação com a Eucaristia. Já na anunciação se encontra uma analogia profunda entre o ‘sim’ pronunciado por Maria e o ‘amém’ que o fiel diz ao receber o Corpo de Senhor, na sagrada comunhão. A atitude que une o fiel a Maria é a fé, pela qual Maria acreditou no mistério da encarnação, antecipando a fé eucarística da Igreja”, explica.

Citando as palavras de São João Paulo II na Ecclesia de Eucaristia – Sobre a Eucaristia na sua relação com a Igreja (17 de abril de 2003), o arcebispo repetiu “Se a Eucaristia é um mistério de fé que excede tanto a nossa inteligência que nos obriga ao mais puro abandono à palavra de Deus, ninguém melhor do que Maria pode servir-nos de apoio e guia nesta atitude de entrega. Todas as vezes que repetimos o gesto de Cristo na Última Ceia, dando cumprimento ao seu mandato, (Fazei isto em memória de Mim), ao mesmo tempo acolhemos o convite que Maria nos faz para obedecermos a seu Filho sem hesitação: «Fazei o que ele vos disser» (Jo 2, 5)”.

Após a celebração, ocorreu a procissão com o Santíssimo até as ruas do centro histórico, com duas paradas para a Benção do Santíssimo. Na Praça da Sé, Dom Geraldo convidou a todos para rezar pelo Brasil, conforme o pedido feito pelo Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para a realização da Jornada de Oração pelo Brasil “Neste dia de oração por nossa pátria, em silêncio, imploremos ao senhor que conceda paz ao mundo, que abençoe o Brasil nessa hora tão difícil, que olhe para nossa cidade e que guarde sob sua proteção as nossas famílias”, disse antes de dar a última benção com o Santíssimo.