domingo

, 07 de agosto de 2022

Pastoral da Educação de Jequeri participa de audiência pública na Câmara Municipal para discutir sobre a CF 2022

05 de maio de 2022 Arquidiocese

Aconteceu no último dia 26 de abril, na Câmara Municipal de Jequeri (MG), uma audiência pública para discutir a questões sobre a educação. O evento contou com a presença das comunidades, da Secretária Municipal da Educação, Maria Auxiliadora Pereira Ribeiro Ferreira, dos vereadores, professores (as), alunos (as), funcionários (as) e diretores (as) das escolas estaduais, municipais e particulares da cidade, bem como representantes da Paróquia de Sant’Ana.

Primeiramente, o Pároco, Padre João Paulo da Silva, apresentou o objetivo proposto pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) sobre a Campanha da Fraternidade (CF) deste ano, que tem como tema Fraternidade e Educação” e o lema “Fala com sabedoria, ensina com amor” (Pr 31,26). Em seguida, a Coordenadora da Pastoral da Educação da Paróquia de Sant’Ana, a professora Maria do Rosário, apresentou o objetivo e a necessidade da organização da pastoral, relatando a situação da educação em Jequeri.

Outro assunto abordado, que também está ligado à temática da CF 2022, foi o Pacto Educativo Global, proposto pelo Papa Francisco e apresentado durante a reunião pela professora da Escola Família Agrícola (EFA) de Piscamba Rogiana. Por sua vez, a professora Elenice relatou a importância de se trabalhar o Pacto nas escolas.

Além disso, o contador e advogado da Câmara Municipal, Alexandre de Souza Melo, mostrou durante os encontros os ofícios encaminhados para a Secretaria Municipal do Poder Executivo sobre a educação, para serem distribuídos e encaminhados aos órgãos competentes.

Câmara Mirim

Ainda durante a audiência, o Vigário Paroquial, Padre José Geraldo da Silva, mais conhecido como Padre Juquinha, propôs que fosse criado na cidade a Câmara Mirim. Para exemplificar, foi apresentado o trabalho realizado pela Câmara Mirim de Ipatinga (MG), que tem como objetivo de despertar o exercício da cidadania e o espírito cívico entre os jovens, além de aproximar cada vez mais o Legislativo.

Além disso, promove a interação entre a Câmara Municipal e as escolas, permitindo ao estudante compreender o papel do Legislativo no contexto social em que vive, contribuindo assim para a formação de cidadãs e cidadãos conscientes de seus direitos e deveres, capazes de compreender, inovar e transformar politicamente a realidade. Nada menos que oito indicações feitas por vereadores mirins, de Ipatinga, em pouco mais de dois anos, viraram leis municipais. O último instituído foi o Programa de Educação e Conscientização Ambiental.

Depois das apresentações, os participantes se posicionaram, avaliando positivamente a iniciativa da Pastoral da Educação e ainda, relatando a necessidade de trabalhar o Pacto Educativo Global nas escolas do munícipio. Pontuaram também de forma positiva sobre a criação da Câmara Mirim, que seria um ganho para a cidade, pois trabalharia a consciência política dos adolescentes e jovens e também a integração da Igreja com as escolas e a Câmara, sem contar que estaria preparando novas pessoas para assumir e renovar o quadro político do munícipio jequeriense.

Dando continuidade ao evento, o Presidente da Câmara, Samuel dos Reis Bitencourt, avaliou positivamente a realização da audiência pública e se colocou à disposição para implantar esses projetos no município. A Pastoral da Educação apresentará uma minuta da Resolução da criação da Câmara Mirim aos vereadores para ser analisada e depois aprovada. Ainda, de acordo com a Secretária Municipal de Educação, o Pacto Educativo Global será trabalhado nas escolas.

A audiência pública foi encerrada com as palavras de agradecimento do presidente da Câmara e a oração da Pastoral da Educação. Ao final, houve também uma partilha de alimentos.

Texto e imagens: Paróquia de Sant’Ana, em Jequeri (MG)

*Atualizado em 09/05/2022 às 9h33

Agenda