sexta-feira

, 14 de junho de 2024

Pastoral da Juventude avalia sua caminhada e elege nova coordenação durante a 13ª Assembleia Arquidiocesana

27 de abril de 2023 Arquidiocese

A Paróquia São Pedro, em Ponte Nova (MG), pertencente à Região Mariana Leste, acolheu no último final de semana, dos dias 20 a 23 de abril, a 13ª Assembleia Arquidiocesana da Pastoral da Juventude (PJ), um momento marcante para caminhada pastoral.

Com o tema “Quanto mais difíceis os tempos, mais forte deve ser a esperança” e a iluminação bíblica do Evangelho de Mateus 14,22-27, com ênfase no versículo 27, “Coragem! Sou eu não tenha medo”, as delegadas e os delegados presentes foram provocados a manter firme a fé e a coragem na missão diante dos desafios apresentados em nossa realidade.

O evento contou com a presença de aproximadamente 60 jovens dos vários cantos da Arquidiocese de Mariana, além dos jovens residentes da cidade de Ponte Nova, que ajudaram na organização da infraestrutura.

Seguindo a metodologia “Ver, Iluminar e Agir”, no momento do Ver, o Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, Padre José Geraldo de Oliveira, explanou sobre a importância de “olharmos para nosso chão e conhecer bem local onde trabalhamos”. Prosseguindo com a programação, a Secretária Arquidiocesana da PJ, Franciele Scala, apresentou a história da PJ no país que, neste ano, está celebrando seu jubileu de ouro com o tema “50 Anos de PJ no Brasil!”.

Além de pontuar eventos e datas importantes da Arquidiocese, Franciele apresentou também um breve resumo de sua participação na Ampliada Nacional da PJ, onde foi reforçada a “importância de ir às Galileias” como ação metodológica do fazer pastoral.  Em seguida, a jovem Olivia Coelho, referencial da PJ para dinamizar a Campanha Nacional de Enfrentamento aos Ciclos de Violência Contra a mulher, apresentou um relato das atividades realizadas pelo grupo de trabalho “Refúgio das Flores” no último triênio.

Já no Iluminar, o Pároco da Paróquia São João Batista em Viçosa (MG), Padre Geraldo Martins, apresentou o Projeto Arquidiocesano de Evangelização (PAE) para o quadriênio 2022-2026. Ainda, à ocasião, a integrante da Dimensão Sociopolítica, Dilma Ferraz, apresentou aos presentes o caminho sinodal proposto pelo Papa Francisco.

O terceiro momento, que é o Agir, as delegadas e delegados se reuniram em grupos para que, à luz das reflexões apresentadas no Ver e no Iluminar, elaborassem pistas de ação nos eixos Ação, Espiritualidade, Formação e Articulação. Após a apresentação das pistas e debates, foram votadas as pistas de ação para o próximo triênio.

Nova Coordenação Arquidiocesana da PJ

Durante a Assembleia também foi eleita a nova Coordenação Arquidiocesana da Pastoral da Juventude, sendo:

  • Secretário: Marcos Siqueira – Região Mariana Oeste;
  • Articulador: Bruno Queiroz – Região Mariana Sul;
  • Representante do GT Refúgio das flores na equipe central: Olívia Coelho – Região Mariana Norte;
  • Assessor leigo: William Paiva – Região Mariana Sul.

Bem como os representantes regionais:

  • Região Sul: Núbia Amaral e Maria Tereza Ozava;
  • Região Leste: Alexandra de Oliveira e Carla Vieira;
  • Região Oeste: Ana Luiza Dutra e Cássia Fernandes;
  • Região Centro: Silvia Nepumuceno;
  • Região Norte: Ryan Santos e Kênia Tavares;

Na avaliação dos jovens presentes, a participação na 13ª Assembleia Arquidiocesana da Pastoral da Juventude trouxe aos participantes um novo ânimo para assumirem suas missões como discípulos-missionários.

Agradecimento

Após três anos atuando como Secretária Arquidiocesana da PJ, Franciele Scala se despede da função e avalia o período com “altos e baixos, risos e choros, discussões e reconciliações e talvez o pensamento de muitas vezes desistir”.

“Mas ser PJ é isto: compartilhar momentos de tristezas e também de muitas alegrias. Hoje eu só tenho a agradecer pelos anos neste serviço e principalmente pelo aprendizado. Chegar ao fim dessa caminhada na secretaria depois de passar por uma pandemia e presenciar a volta dos abraços em nossos encontros e reuniões é gratificante e aquece o coração.

E isso se tornou mais claro quando nos reunimos na 13° Assembleia da Pastoral da Juventude, no último final de semana, para traçarmos os novos caminhos a serem seguidos no próximo triênio. Momento de definir prioridades e também de escolher nomes e rostos com novo ânimo e novas energias, que são necessárias para fazer permanecer viva a história da Pastoral da Juventude.

Me despedi dessa missão com coração cheio de alegria em saber que ainda temos muitas sementes a serem semeadas, seguindo na esperança da colheita de muitos frutos em um futuro vindouro.

Obrigada Pastoral da Juventude por cada momento. E até que nos tornemos a encontrar, Deus nos guarde no calor do Teu abraço”, disse.

Texto: Elenice Simões, Evelyn Faria e Marcos Siqueira

Fotos: Waldenier Gomes da Silva