sexta-feira

, 19 de julho de 2024

Pastoral da Saúde da Região Mariana Sul mobiliza a doação de medicamentos

29 de janeiro de 2024 Arquidiocese

Sempre atuante na Região Mariana Sul, a Pastoral da Saúde está promovendo uma nova ação para incentivo a doação de medicamentos: a criação de uma caixa para receber as doações.

A iniciativa, desenvolvida por uma das coordenadoras da Dimensão Sociopolítica Regional, Leila Medeiros, permitirá que nas cinco paróquias onde a pastoral é atuante possam ser recebidas doações de remédios. O objetivo é que o que for coletado seja partilhado entre as demais paróquias e entregues, pela pastoral, àqueles que necessitam.

A ação tem como ponto de partida, desde a última semana, a Paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Barbacena (MG). Durante duas semanas a caixa para doação permanecerá na paróquia, no local onde a Farmácia da Pastoral funciona, para que pessoas possam doar medicamentos válidos e que não são mais utilizados.

A ideia é que os medicamentos, desde aqueles de menor custo até aqueles de alto custo, como para o combate ao câncer, que é muito procurado nas Farmácias da Pastoral, possam ser doados por pessoas que já não os utilizem mais, ajudando assim outras pessoas.

Segundo Leila, a ação nasceu a partir da escuta ativa das pastorais. “No intuito de incrementarmos o trabalho para melhor atender as necessidades de nossos fiéis, que devidamente portados de receita médica são atendidos nas paróquias, criamos a caixa de recebimento de doações de remédios. Essa caixa percorrerá por tempo determinado pelas paróquias, para assim podermos ajudar mais pessoas”, explicou.

A presença da pastoral na Região Sul

Enfatizando a importância dos trabalhos executados, a Coordenadora Regional da Pastoral, Maria Aparecida Mendes, falou sobre a luta para conseguir implementar as ações em mais paróquias da região. “A Pastoral da Saúde é a ação libertadora de Cristo presente no mundo na área da saúde. Nestes dez anos à frente desse serviço na comunidade paroquial do Bom Pastor e, atualmente, como Coordenadora Regional, percebo o quanto podemos fazer a diferença na vida das pessoas a exemplo do que Jesus Cristo nos pede”, afirmou.

De acordo com ela, a iniciativa da Farmácia permite que muitos paroquianos, mesmo das paróquias que não têm a pastoral, sejam beneficiados. “Mas tal ação não seria possível sem a contribuição da própria comunidade. É a partir das doações de medicação da comunidade que esse braço importante da Pastoral da Saúde pode fazer a diferença na vida de muitos”, destacou.

“Você, leigo ou padre, que tem em seu coração o forte chamado de acolher, promover, cuidar, educar, defender e celebrar a vida humana, venha fazer parte da Pastoral da Saúde. Se em sua paróquia ainda não existe e você se sente chamado a esse propósito, não deixe que essa chama se apague em seu coração. Se há remédios em sua casa que lhe serviram e hoje você não precisa e se encontram dentro da validade, doe para a Pastoral de sua paróquia. Se lá ainda não existe a Pastoral da Saúde, não desanime, com pequenas ações, você pode fazer acontecer em paróquia”, reforçou Maria Aparecida.

As paróquias que interessarem em iniciar os trabalhos da Pastoral da Saúde e conhecer seu funcionamento podem entrar em contato com o Centro de Pastoral Regional de Pastoral, por meio do telefone (32) 3331-1151, WhatsApp (32) 98806-3479 ou e-mail crpas1.sul@arqmariana.com.br.

Texto: Ana Paula Mendes dos Santos