domingo

, 14 de agosto de 2022

Pastoral da Sobriedade elege sua nova coordenação

11 de novembro de 2019 Arquidiocese

A Pastoral da Sobriedade elegeu sua nova coordenação para o período de 2020/2022 no último sábado (9), na III Assembléia Arquidiocesana da Pastoral da Sobriedade realizada no Centro de Pastoral em Mariana. Marilúsia Vieira Rezende, da Paróquia de Sant’Ana, em Carandaí, foi eleita a nova coordenadora arquidiocesana. Nas regiões os novos coordenadores são: Alexandre Barreto Alves (Região Sul), Regiane Luiza do Nascimento (Região Leste), Michelle Renata Silva Pereira (Região Centro), Eliane Aparecida Dos Santos (Região Oeste) e Vicente Eustaquio dos Santos (Região Norte). 

“Me comprometo a coordenar essa missão com muita humildade, serenidade, obediência, dando continuidade aos trabalhos já realizados de apoio aos grupos de auto ajuda já existentes nas cinco regiões. Pretendo, também, incentivar a implantação da Pastoral da Sobriedade nas demais paróquias de nossa arquidiocese e ser perseverante nesta caminhada”, afirma a nova coordenadora. 

A assembléia contou com a participação de 47 agentes e coordenadores dos grupos de auto-ajuda das diversas paróquias da arquidiocese. O coordenador arquidiocesano de pastoral, padre Edmar José da Silva, também esteve presente no encontro e que falou sobre a importância da assembléia e das coordenações, motivando a todos a perseverar na caminhada. “Agradeço o trabalho de todos e ressaltou que o trabalho na Igreja é uma vocação, é um chamado de Deus. Quando Deus nos confia um trabalho, esse trabalho é nosso”, disse padre Edmar.  

Durante a assembleia, os participantes também relataram um pouco da caminhada vivida nas paróquias,  quais os desafios e conquistas durante o ano de 2019 e quais as metas e prioridades para 2020. A agenda da pastoral para 2020 também foi apresentada. 

Para o ex-coordenador da pastoral, Elismar Oliveira, a assembleia foi muito boa. “Tivemos uma expressiva participação. Todos estavam empenhados,  o que só nos motiva a continuar na caminhada”, disse.

 

 

Agenda