terça-feira

, 23 de abril de 2024

Pastoral Familiar da Arquidiocese de Mariana motiva a vivência da Semana Nacional da Família

11 de agosto de 2023

No mês vocacional, já é um costume da Igreja no Brasil celebrar a Semana Nacional da Família, que neste ano será dos dias 13 a 19 de agosto. Com o tema “Família, fonte de vocações” e o lema do 3º Ano Vocacional do Brasil, “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24, 32-33), a Coordenação Arquidiocesana da Pastoral Familiar motiva às paróquias e comunidades a promoverem ações referentes à Semana Nacional da Família.

“Família é a base, a pedra angular da humanidade. Sem ela, não nos colocamos de pé e não permanecemos de pé. Ela é quem proporciona os encontros, os reencontros, as partilhas, a saída e a chegada, a oração, os diálogos, os confrontos, deixando nas pessoas as marcas de momentos de enriquecimento de uma nova compreensão e, sobretudo, de uma experiência mais sólida. Convidamos a todos a valorizar as nossas famílias, dentro do nosso lema ‘corações ardentes, pés a caminho’, levando a todos o quanto é bom ser família e buscar na Sagrada Família de Nazaré, o exemplo necessário para vivermos bem nossa vocação”, incentiva o Casal Coordenador da Pastoral Familiar, Bianca de Fátima Vaz Gallo e Alexandre Natal Gallo.

Lembrando que vocação é chamado e a resposta a Deus, o Assessor Arquidiocesano da Pastoral Familiar, Padre Luiz Roberto de Souza, convida a todos a viverem este momento: “a família que é o berço de todas as vocações, é a célula vital de toda a nossa sociedade. Queremos motivar todas as nossas paróquias para bem viver esta Semana Nacional da Família”.

“A vocação ela parte da família. Por isso, nós queremos louvar e agradecer a Deus por mais esta oportunidade que Ele nos concede de viver e de rezar pela vocação das nossas famílias. […] Assim dizia nosso saudoso Arcebispo Emérito de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha: ‘tudo que nós fizermos para as nossas famílias ainda é pouco’. Por isso, motive a sua comunidade, a sua paróquia, para vivenciar e celebrar bem esse tempo de graça”, exorta Padre Beto, como é conhecido.

Ouça a mensagem do Padre Beto AQUI

Hora da Família

Todos os anos, a Comissão Episcopal para a Vida e a Família da CNBB disponibiliza o subsídio “Hora da Família” para ser realizado durante a semana. O material está dividido em sete encontros e uma celebração específica para o Dia dos Pais – cada um conta com dicas para preparar este momento, inclusive com a participação das crianças.

Confira as sugestões propostas:

Dia dos Pais – A vocação de ser pai

Preparação: ter a imagem de São José, fotos de figuras masculinas que representam a paternidade: pai e avôs. Além disso, preparar uma Bíblia e uma vela.

1º Encontro – Vocação: graça e missão

Preparação: Ter imagens de Santos para lembrar que, ao descobrir a vocação a pela graça recebida, abraçaram a missão. Além disso, ter a Bíblia aberta em Mc 3,13-19, uma vela (para lembrar a luz de Cristo) e sandálias ou um cajado (para lembrar a missão).

2º Encontro – Chamados a ser povo de Deus

Preparação: Uma mesa revestida de uma toalha branca, uma vela, uma imagem da Sagrada Família, foto de pessoas em uma missa e a Bíblia.

Para as crianças: Distribuir livros ou artigos infantis sobre o chamado de Deus a Abraão. Ler e explicar a história do povo de Deus.

3º Encontro – Vocação dos discípulos missionários

Preparação: Uma mesa revestida de uma toalha branca, uma vela, uma imagem de Santa Teresinha, foto de pessoas em missão em casa, na comunidade e fora do país.

Para as crianças: (A fé sem obras é morta) três copos com água e três comprimidos efervescentes. Explique que os comprimidos efervescentes são a nossa fé, os copos com água são as pessoas.

4º Encontro – Vocação: resposta de amor

Preparação: Uma mesa, toalha, vela, flores, a Bíblia em destaque e uma imagem da Sagrada Família (ou outro santo de devoção, como o padroeiro da comunidade, por exemplo).

Para as crianças: Cartolina e pincel atômico. A cartolina já pode conter previamente o traçado de um caminho que chegará a uma Bíblia aberta com uma cruz.

5º Encontro – Vocação: servir com alegria

Preparação: Em um ambiente organizado e acolhedor, a família que conduzirá o encontro recebe a todos com amor e alegria, como sinal de uma comunidade vocacionada que comunica o bálsamo da misericórdia e amor do Pai.

Para as crianças: Alguém fala com as crianças sobre a alegria de servir as pessoas, com “atos de amor” (gestos e ações) ao próximo. Pode-se destacar, entre outros: a visita de Maria à sua prima Isabel (grávida); a lavagem dos pés dos discípulos feita por Jesus. Após isso, as crianças podem falar sobre os seus “atos de amor” com os amiguinhos ou em família.

6º Encontro – Jesus chama para permanecer com Ele

Preparação: o ambiente deve ser preparado com carinho e simplicidade, poderá conter Bíblia, cruz ou imagem da Sagrada Família, vela e fotos de momentos especiais da família acolhedora, fotos dos Sacramentos, da paróquia à qual pertencem, demonstrando assim unidade da família com Jesus e a Igreja.

7º Encontro – Vocação é graça que une chamado e resposta

Preparação: Deve ser feita pela família: pais, filhos e quem mais morar na casa. Sugere-se chamar os vizinhos ou amigos da paróquia, grupo da Pastoral Familiar ou movimentos. Este encontro também pode ser realizado on-line ou somente pelos membros da casa, se não estiverem ainda inseridos em comunidades.

Atividades nas paróquias

Algumas paróquias e comunidades já estão se preparando este momento. Confira as programações disponibilizadas:

Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em São Miguel do Anta (MG);

Paróquia Nossa Senhora do Pilar, em Ouro Preto (MG)

Paróquia São João Batista, em Barão de Cocais (MG)

Com informações e iamgens do Portal Vida e Família

Agenda

VEJA TAMBÉM