quarta-feira

, 22 de maio de 2024

“Peço que as comunidades paroquiais rezem pelas vocações”, disse o Arcebispo de Mariana, no encerramento da Semana Vocacional 2023

07 de janeiro de 2023

Com o tema “Vocação: graça e missão” e o lema “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24, 32-33), a Semana Vocacional 2023, promovida pela Arquidiocese de Mariana e o Seminário São José, reuniu vinte jovens, que desejam ser sacerdotes, na Casa de Filosofia do Seminário São José, para discernir a vocação sacerdotal. 

De acordo com o Padre Rosemar Marcos Condé, Diretor do Grupo de Orientação Vocacional e Promotor Vocacional na Arquidiocese de Mariana, durante uma semana, de 3 a 7 de janeiro, os jovens tiveram acompanhamento de psicólogos, padres, formadores, seminaristas e fiéis leigos. 

“A Semana Vocacional na nossa Arquidiocese é este primeiro passo que nós fazemos juntamente com os jovens que desejam ser sacerdotes, este primeiro passo para esse discernimento, para esse conhecimento, e aprofundamento da vontade de Deus na sua vida como sacerdote. As atividades ao longo dessa Semana Vocacional são sempre muito intensas, neste ano de 2023, vinte jovens participaram conosco e juntamente desses vocacionados, destes jovens, uma equipe grande formada por padres, formadores, seminaristas, fiéis leigos e também as psicólogas que nos ajudam nessa parte, acompanhando, nos dando esse suporte da ciência e da psicologia nas atividades próprias que vão ajudar os jovens a fazer o discernimento a dar esse passo na vocação sacerdotal”, apontou.

Acompanhamento psicológico dos vocacionados 

A psicóloga Bianca Andréia de Oliveira do Nascimento destacou que, durante a Semana Vocacional, os jovens participaram de dinâmicas e passaram por testes de personalidade e de inteligência, para descobrir como a personalidade de cada vocacionado pode interferir no processo vocacional. 

“Nós fizemos momentos de dinâmica com eles e aplicação de um teste de personalidade e o teste de inteligência também. A gente fez entrevistas e a dinâmica do eu relacional, que trouxe para nós o apanhado do material para que a gente pudesse avaliar da melhor maneira dentro desse processo de discernimento. A dimensão humana efetiva é muito importante dentro do processo de formação do seminário e isso tem a ver com a questão psicológica e auxilia muito nesse processo para ter uma luz maior em cima do discernimento vocacional dos vocacionados”, afirmou. 

Foto: Equipe de comunicação da Semana Vocacional

 

Semana Vocacional 2023: significado de continuidade do trabalho realizado pela Seminário São José, em Mariana (MG)

De acordo com o Monsenhor Celso Murilo Souza Reis, Reitor do Seminário São José e Diretor da etapa da Teologia, a Semana Vocacional expressa renovação e esperança de continuidade do trabalho realizado pelo Seminário São José. 

“Um momento muito significativo para vida do Seminário, porque na verdade é toda essa esperança de continuidade, essa esperança também de renovação, a cada ano é um novo grupo que se apresenta e dentro desses grupos nós vamos fazendo esse discernimento para ver se é o momento do jovem ingressar nas etapas da formação, seja na etapa inicial, seja também no propedêutico. É um momento importante de conhecer os candidatos, de ajudá-los nesse discernimento, e dar continuidade na formação dos quadros dos futuros ministros ordenados da Diocese”, disse. 

O Reitor do Seminário São José também explicou quais são os próximos passos dos vocacionados após a Semana Vocacional. 

“Os vocacionados já saem daqui com a orientação para esse ano. Graças a Deus uma maioria significativa foi aprovada, foi aconselhada a entrar numa das etapas da formação, claro o discernimento continua, às vezes mesmo o jovem sendo aconselhado ele acha que deve esperar um pouco mais. O jovem já sai com a orientação para esse ano e aqueles que vão ingressar já tem também as coordenadas daquilo que eles devem preparar para iniciar no finalzinho de janeiro e início de fevereiro o processo formativo”, explicou. 

Confira os depoimentos de jovens que participaram da Semana Vocacional 2023: 

Felipe Henrique Gonçalves, de 18 anos, veio de Conselheiro Lafaiete para participar da Semana Vocacional, no Seminário São José. Em entrevista para a comunicação da Arquidiocese de Mariana, o jovem disse que sentiu um chamado de Deus ao sacerdócio e veio para o encontro em buscar  de um auxílio da Arquidiocese. Ele ainda contou como foi a sua experiência durante a Semana Vocacional. 

“Eu fiquei bem mais confiante não só no chamado, mas também nesse movimento comunitário, nesse convívio com os mais vocacionados, com os seminaristas, com os padres, isso já ajudou muito. Todas as conversas com as psicólogas, com os padres, isso me ajudou muito a entender não só a vocação, mas lembrar o passado, ver quem eu sou, definir quem eu sou, e como Deus está me chamando. E isso me ajudou muito no meu discernimento vocacional, sai bem mais confiante e espero estar no Seminário esse ano”, disse. 

Foto: Equipe de comunicação da Semana Vocacional

 

Wychardson Coelho, de 17 anos, também viajou de  Conselheiro Lafaiete à Mariana, para participar da Semana Vocacional. Ele contou como foi a sua experiência. 

“Ontem, a gente falava dessa questão do discernimento, do chamado que a gente sente, desse fogo ardente em nosso coração… e eu sinto isso dentro do meu peito ao participar da celebração, então decidi fazer a Semana Vocacional para decidir o meu futuro. Foi um pouquinho difícil tomar a decisão, mas a gente participou da semana, conversando com os padres, com os seminaristas e escutando as histórias dos demais participantes do encontro, a gente consegue ficar com o coração mais calmo para dizer sim para Deus”, relatou. 

Santa Missa marca o encerramento da Semana Vocacional 2023

Na manhã deste sábado, 7 de janeiro, na Capela da Casa de Filosofia do Seminário São José, foi realizada a Santa Missa de encerramento da Semana Vocacional de 2023. A celebração foi presidida pelo Arcebispo de Mariana, Dom Airton José dos Santos, e concelebrada pelo Reitor do Seminário São José, Monsenhor Celso Murilo Souza Reis. Além disso, a Solenidade contou com a participação de padres e formadores do Seminário São José, com a presença dos apoiadores da Semana Vocacional e dos vinte jovens que passaram pelo processo de discernimento da vocação sacerdotal.

Durante a cerimônia, Dom Airton José dos Santos falou sobre a estrutura do Seminário São José e destacou a importância da instituição para a Arquidiocese de Mariana. Além disso, pediu para que as comunidades paroquiais rezem pelas vocações. 

“Esse conjunto todo aqui, na casa da Filosofia, na casa da Teologia, compõe o Seminário Arquidiocesano de Mariana, essa instituição é uma riqueza enorme para a nossa Arquidiocese, e nós fazemos o esforço para mantê-la do jeito que ela deve ser. E nós temos uma definição muito clara, a formação de futuros padres. Claro que a gente trabalha o discernimento, porque a resposta final é de cada um, então nós trabalhamos esse discernimento para quando chegarmos lá na frente, na hora de ir dando as respostas, ela seja livre, consciente, decidida, forte e na mesma medida do amor de Deus. E vocês que vieram participar do encontro perceberam a dinâmica desse trabalho, a dinâmica exigente, dessas pessoas, sejam padres, sejam leigos, para o encaminhamento desse processo de discernimento que vocês devem fazer daqui para frente”, explicou. 

“Peço que as comunidades paroquiais rezem pelas vocações, ao final das missas, antes da oração final, rezem pelas vocações”, frisou Dom Airton. 

Recado de Monsenhor Celso Murilo Souza Reis, Reitor do Seminário São José, para os jovens:

“A gente sempre costuma dizer que entrar no Seminário não significa ter a obrigação de ser padre um dia, entrar no Seminário é querer fazer um processo, um caminho de discernimento de formação, de crescimento, então eu diria para o jovem que tem suas inquietações que vale a pena seguir Jesus Cristo, quem escolhe Jesus não perde nada, ganha tudo, é uma vida que tem suas renúncias, seus sacrifícios, mas sobretudo é uma vida que ganha um sentido muito bonito na perspectiva dos serviços, da doação, da possibilidade de ser instrumento de Deus na vida das pessoas. Então você jovem não tenha medo de pensar na sua vocação de buscar o sentido da sua vida de dar razão a sua existência neste mundo. Antes de tudo é importante ser pessoa humana, procurar se integrar sempre mais, viver os valores do Evangelho. Se você procurar crescer, amadurecer como pessoa e cristão, certamente você vai perceber o chamado de Deus e vai encontrar o seu caminho também numa vocação específica”, disse Monsenhor Celso Murilo Souza Reis, Reitor do Seminário São José. 

Agenda

VEJA TAMBÉM