quarta-feira

, 22 de maio de 2024

Piedade de Ponte Nova celebra sua padroeira

19 de setembro de 2023 Arquidiocese

A Paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Piedade de Ponte Nova (MG), celebrou dos dias 03 a 15 de setembro sua padroeira, e também do Estado de Minas Gerais, a Senhora da Piedade.

Caminhada da Fé

As festividades se iniciaram no dia 03 com a segunda edição da “Caminhada da Fé”, saindo da Matriz às 6h em direção à comunidade de Santo Antônio, na localidade das Pacas. Centenas de fiéis participaram do momento em um clima de fé, oração, convivência e muita alegria. Chegando na capela da comunidade foi celebrada a Santa Missa, presidida pelo Pároco, Padre Fabiano Alves de Assis.

Em sua homilia, ele perguntou aos presentes: “quem já se arrependeu de tomar decisões inspirado por Deus? E quem já se arrependeu de seguir as próprias vontades?”. Assim, discorreu sobre a correção de Jesus a Pedro, que no domingo anterior foi elogiado por responder inspirado por Deus e neste domingo mereceu ser corrigido porque deixou-se levar por sua humanidade. Concluiu: “Seguir a Cristo é deixar-se conduzir por Ele!”.

Para o casal coordenador Mislene e Marinho, “a caminhada deste ano foi muito mais organizada e envolvente por ser a segunda edição. Deus continue inspirando nosso pároco para continuar evangelizando nossa paróquia por diversos e diferentes meios”.

A peregrina Michele Carvalho expressou seu desejo para a ação virar tradição. “Essa Caminhada da Fé envolve tantas pessoas que muito das vezes estavam, inclusive, afastadas da Igreja. Brilhante iniciativa do nosso pároco!”, disse.

Já na segunda-feira, dia 04, o pároco motivou a paróquia a participar do Grupo de Oração Mariano, incentivando os paroquianos a participarem desta atividade pastoral existente na paróquia e valorizando os dons e carismas dos fiéis leigos, conforme propõe o Papa Francisco ao propor a caminhada sinodal.

Novena

A novena em honra à padroeira aconteceu dos dias 06 a 15 de setembro, com a celebração de muitas missas, envolvendo toda a comunidade de fé, em um clima de piedade, oração e celebração dos mistérios da vida de Jesus entrelaçados aos mistérios da vida de Maria.

A cada noite, aconteceram as barraquinhas com comidas típicas da região e o jantar de Nossa Senhora. Segundo a paroquiana Jamile Miguel, cunhada do Padre José Miguel, as barraquinhas, são momentos de convivência e de rever amigos. “Oportunidade única de ‘reproduzir o passado’, em que nossos pais vinham à novena da padroeira e após conviviam um pouquinho com os compadres, constituindo assim o único movimento de convivência no passado. Deus abençoe o nosso pároco para que continue mantendo as nossas tradições”, declarou.

Dentre as novidades da festa neste ano, estava a celebração da Missa com rito da unção dos enfermos na Casa Lar de Piedade de Ponte Nova, momento em que os familiares dos internos puderam participar junto aos seus parentes residentes e revê-los também.

Todos os dias, às 7h da manhã, alguns fiéis se reuniram com o pároco para a oração das “laudes com o povo”, na Matriz.

Outra novidade foi a Missa com participação das escolas, “Núcleo Municipal Dom Viçoso” e “Escola Estadual Coronel Antoninho”, no dia 13 de setembro, com dois horários de Missa, às 9h e às 15h. A celebração foi presidida pelo Promotor Vocacional da Arquidiocese, Padre Rosema Marcos Condé, e foi uma oportunidade de rezar com as comunidades escolares e semear a semente do Evangelho e da vocação no coração dos estudantes.

As festividades também contaram com a presença do Padre José Evangelista, ex-administrador paroquial da paróquia. Ele presidiu a Santa Missa no dia 13, e, no dia 14, abrilhantou os festejos de Nossa Senhora da Piedade com um show cultural com a banda “Pe. José Evangelista e Banda”.

Outra grande novidade foi a presença do Seminário Propedêutico no encerramento das festividades em honra a Nossa Senhora da Piedade. Os seminaristas assumiram toda a liturgia e cantaram a missa neste dia, que foi presidida pelo Diretor dessa Etapa, Padre Gilsimar Tavares.

Dia solene

No dia 15, houve missa às 8h, às 10h e às 17h. As festividades foram encerradas pelo Vigário Geral da Arquidiocese, Monsenhor Luiz Antônio Reis Costa, que também já foi pároco na cidade. Em sua homilia, ele exortou os piedadenses a se prepararem e celebrarem com júbilo no próximo ano o centenário da criação da Paróquia Nossa Senhora da Piedade. Ele ainda abordou os fundamentos teológicos e espirituais para que Dom Viçoso erigisse essa paróquia e colocasse Nossa Senhora da Piedade como padroeira, visto que ela é madrinha de batismo de Dom Viçoso.

As paroquianas Adriana e Aparecida Ramos descreveram como uma ocasião de “muita graça de Deus participar de todos os dias da novena e festividades em honra a Nossa Senhora da Piedade. Só temos a agradecer a Deus e à Nossa Senhora tantas graças recebidas!”.

Uma multidão tomou as ruas de Piedade de Ponte Nova na tradicional “procissão de Nossa Senhora da Piedade”. Impressionante ver o carinho do povo para com esse gesto de amor e de devoção à Nossa Senhora da Piedade. Lindo ato de fé e profissão pública da nossa fé.

Para o Pároco, Padre Fabiano Alves de Assis, “Graças a Deus, Nosso Senhor Jesus Cristo foi adorado e a memória de Nossa Senhora da Piedade foi celebrada com o devido louvor que merecem. Grande foi a participação dos fiéis na novena. Muitos conseguiram vir todos os dias. Piedade de Ponte Nova aproveitou e valorizou muito bem os festejos em honra da sua padroeira. Que seja tudo para a maior honra e glória de Deus!”.

Ele ainda convidou os presentes a valorizarem a novena de Nossa Senhora Aparecida e a Novena de São Judas Tadeu que se darão no mês de outubro.

Deus continue derramando graças e bênçãos sobre Piedade de Ponte Nova por intercessão de Nossa Senhora da Piedade.

Texto: Alaiane Aparecida Ventura do Monte

Fotos: Paróquia Nossa Senhora da Piedade

Agenda