sábado

, 20 de agosto de 2022

Propostas para o Mês Missionário Extraordinário são apresentadas na reunião do CAP

26 de agosto de 2019 Arquidiocese

As propostas para o Mês Missionário Extraordinário, que será celebrado em outubro, foram apresentadas na reunião do Conselho Arquidiocesano de Pastoral (CAP), na última sexta-feira (23), no Centro de Pastoral, em Mariana (MG).

“Para as celebrações do Mês Extraordinário da Missão, foram pensadas as seguintes atividades na Arquidiocese: Abertura do mês missionário em cada Paróquia; Promover a vigília missionária em toda Paróquia, na véspera da coleta missionária;  Dar visibilidade nas Paróquias ao trabalho dos missionários da Arquidiocese de Mariana; Motivar nas Paróquias para que o povo escreva cartas que serão enviadas aos missionários da Arquidiocese; Envio da cruz missionária aos principais eventos da Arquidiocese”, explicou o coordenador arquidiocesano de Pastoral, padre Edmar José da Silva.

Segundo a coordenadora arquidiocesana da IAM, Iva Fernandes, a apresentação das propostas para na reunião do CAP levou as pessoas a uma discussão sobre a responsabilidade de todos como “Batizados e enviados”. “Mesmo que nem todas as propostas tenham sido aprovadas, a discussão demonstrou que as pessoas não ficaram indiferentes ao convite do Papa Francisco de fazermos um tempo forte de oração e reflexão sobre a Missão da Igreja”, disse.

Dia Mundial dos Pobres

Na reunião também foram apresentadas as propostas para o Dia Mundial dos Pobres, que será celebrado em 17 de novembro de 2019. Para essa data foram pensadas as seguintes ações para a arquidiocese: Promoção de uma coleta que será enviada à Cáritas diocesana para ser empregada nas necessidades mais urgentes dos pobres; Dar visibilidade aos trabalhos sociais que existem nas Paróquias; Promover debates e discussões sobre as causas da pobreza; Envolver e sensibilizar os poderes públicos nas discussões e ações contra a realidade da pobreza; não reduzir o Dia mundial dos pobres a apenas uma Celebração. Padre Edmar explica que além dessas propostas, “cada Paróquia pode usar a criatividade para celebrar bem este dia”.

Assembleia Arquidiocesana de Pastoral

A 27ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral, agenda para os dias 22 e 23 de novembro, também foi debatida na reunião. Na ocasião, os membros do CAP definiram os assuntos da assembleia e a metodologia a ser usada. “A próxima assembleia Arquidiocesana terá caráter mais avaliativo do  que propositivo”, acrescentou padre Edmar.

O coordenador de pastoral sublinha, também, que todos os grandes assuntos que envolvem a Igreja do Brasil e a Igreja particular de Mariana devem ser discutidos e apresentados no CAP. “Ali devem ser definidas algumas pistas de ação, válidas para toda a Arquidiocese, para a celebração de grandes eventos eclesiais como o Dia mundial dos pobres e a mês missionário extraordinário, mas sempre dando liberdade para outras iniciativas das paróquias e comunidades”, finalizou padre Edmar.

Agenda