terça-feira

, 16 de agosto de 2022

Saiba como foi o primeiro dia da 58ª Assembleia Geral da CNBB

13 de abril de 2021 Igreja no Brasil

Teve início nesta segunda-feira (12), a 58ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O evento, que reúne todo episcopado brasileiro, acontece pela primeira vez de forma on-line devido à pandemia da Covid-19 com sessões diárias pela manhã, das 8h às 12h, e à tarde, das 14h às 17h.

Veja como foi o primeiro dia do encontro:

Missa de abertura

Foto: CNBB

 

Diretamente da Capela Nossa Senhora Aparecida na sede da entidade, em Brasília (DF), o Bispo Auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da CNBB, Dom Joel Portella Amado, presidiu, às 7h, a missa de abertura.  Em sua homilia, ele ressaltou que a Palavra de Deus que apresentou duas grandes ideias que, segundo dom Joel, não se pode esquecer: o convite a nascer de novo – trazido no Evangelho de João 3, 1-8 – e a coragem dos apóstolos, que mesmo em meio a tantas dificuldades, anunciavam a Palavra impulsionados pelo Espírito – descrita na primeira leitura de Atos dos Apóstolos 4, 23-31.

“Quando se faz a experiência do nascer de novo, se adquire, cada vez mais, essa coragem para anunciar a Palavra em meio a todas as dificuldades. Nascer de novo, nós sabemos, é o encontro com Jesus Cristo. É deixá-lo transformar toda compreensão que temos da vida, todo nosso agir, todo nosso sentir e passar a olhar a vida sob a ótica do Reino de Deus. E quando isso acontece não há perseguição, não há dificuldade, não há empecilho que diga para nos assim: você não pode mais anunciar o Reino de Deus”, ressaltou.

Clique aqui para ler a matéria na íntegra

Foto: CNBB

Abertura oficial do encontro

Já às 8h, o Arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da CNBB, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, abriu oficialmente o encontro. Durante a abertura da Assembleia, dom Walmor reforçou a comunhão e a “irrestrita fidelidade” do episcopado brasileiro ao Papa Francisco; saudou os participantes, entre bispos, administradores diocesanos, assessores, secretários executivos de regionais, representantes dos Organismos do Povo de Deus; falou sobre o contexto e propósito do encontro e da tarefa educativa da Igreja, reconhecendo humildemente a condição também de aprendizes. O presidente da CNBB também recordou o Santuário Nacional de Aparecida, que acolhe as assembleias da CNBB há alguns anos, e homenageou os pobres, os mortos, os enlutados. Os bispos dedicaram a abertura da Assembleia também para rezarem as Laudes e invocarem o Espírito Santo com o “Veni, Creator”.

Clique aqui para ler a matéria na íntegra

Foto: CNBB

 

Núncio Apostólico no Brasil fala pela primeira vez com o episcopado brasileiro

O Núncio Apostólico no Brasil, dom Giambattista Diquattro, dirigiu-se, pela primeira vez, a todo o episcopado brasileiro, na manhã desta segunda-feira, 12 de abril, no início das atividades da 58ª Assembleia Geral da CNBB. Em sua mensagem, o representante da Santa Sé no Brasil saudou a presidência da instituição e todos os bispos, e expressou, inicialmente, a comunhão do Papa Francisco com os bispos e agradeceu pelo testemunho da Igreja no Brasil.

Clique aqui para ler a matéria na íntegra

Foto: CNBB

Mensagem para o Papa

Como nas assembleias anteriores, os bispos do Brasil enviarão uma mensagem ao Papa. Neste ano, mesmo com o encontro sendo realizado na modalidade on-line, os bispos dedicaram um momento da manhã para aprovar um texto que foi, previamente, redigido por um grupo de bispos. A apresentação do texto foi realizada por dom Severino Clasen, arcebispo de Maringá (PR), que compõem essa equipe de redação.

Na proposta do texto, o episcopado renova sua fidelidade e comunhão com o Papa Francisco, reconhecendo seus inúmeros esforços para construir a unidade na Igreja e favorecer o diálogo inter-religioso e cultural. Também manifesta gratidão pelas iniciativas eclesiais e sociais e pela proximidade e solidariedade do Pontífice com o povo brasileiro, neste tempo de pandemia.

Clique aqui para ler a matéria na íntegra

Coletiva de imprensa

Abordando o tema central da Assembleia, que diz respeito ao Pilar da Palavra proposto pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE 2019-2023), entre aconteceu na tarde desta segunda-feira (12) a primeira coletiva de imprensa do evento. Participaram dessa primeira entrevista: o Arcebispo de Curitiba (PA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, Dom José Antônio Peruzzo; o Bispo de Guaranhus (PE), biblista e presidente do Regional Nordeste 2 da CNBB, Dom Paulo Jackson Nóbrega de Souza; e o Bispo de Livramento de Nossa Senhora (BA), liturgista e membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, Dom Armando Bucciol. Ainda, esteve presente o Bispo Auxiliar de Belo Horizonte (MG) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB, Dom Joaquim Mol, anfitrião das coletivas de imprensa.  Os jornalistas e demais profissionais da imprensa credenciados previamente participaram pelo Zoom. Além disso, a entrevista foi transmitida pelo canal do YouTube e página do Facebook da CNBB,

Assista a coletiva de imprensa aqui

Foto: CNBB

Análise da conjuntura social e eclesial do Brasil

“O povo de Deus sofre com a doença e a fome” é o título da análise da conjuntura social e política apresentada ao episcopado brasileiro na tarde de ontem. A apresentação foi conduzida pelo bispo de Carolina (MA), Dom Francisco de Lima Soares, coordenador do grupo de Análise de Conjuntura da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A análise apresentada priorizou três temas: pandemia, economia e política brasileira. Dom Francisco frisou que trata-se de um texto oferecido aos bispos como uma leitura de especialistas das Pontifícias Universidades Católicas do Brasil organizados no grupo de análise da CNBB para subsidiar os pastores na leitura e compreensão da realidade brasileira.

Leia a matéria na íntegra aqui

Foto: CNBB

Ano Família Amoris Laetitia

“A família é a Igreja e a Igreja é a família”. Com essa frase, o bispo de Rio Grande (RS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Ricardo Hoepers, encerrou a última parte da plenária da tarde da 58ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, na segunda-feira, 12 de abril.

Dom Ricardo convidou todos os bispos a se unirem ao projeto de evangelização das famílias no ano Família Amoris Laetitia, anunciado pelo Papa Francisco no domingo da Sagrada Família, 27 de dezembro de 2020, e que será realizado de 19 de março de 2021 a 26 de junho de 2022.

Leia a matéria na íntegra aqui

Texto e imagens: CNBB

Saiba mais sobre a 58ª Assembleia Geral da CNBB em:

58ª Assembleia Geral da CNBB será realizada de forma virtual

Rumo à 58ª AG CNBB: descubra o que compete a uma Assembleia Geral dos Bispos do Brasil

Rumo à 58ª Assembleia Geral: números de bispos e de circunscrições eclesiásticas

58ª Assembleia Geral da CNBB tem início nesta segunda-feira (12)

Agenda