domingo

, 07 de agosto de 2022

Seminário na UFV vai refletir sobre a Economia de Francisco

19 de fevereiro de 2020 Arquidiocese

A Universidade Federal de Viçosa, por meio de parceria entre a Capelania da UFV, o  Centro de Referência em Empreendedorismo e Cooperativismo – CREC e o Instituto de Políticas Públicas e Desenvolvimento Sustentável – IPPDS, realiza, nos dias 16 e 17 de março, no auditório da Biblioteca Central, o Seminário Economia de Francisco, oportunizando a participação de diferentes públicos no diálogo sobre um sistema econômico mais justo e sustentável que integre economia, sociedade e natureza.

Segundo Alair Ferreira de Freitas, professor da UFV e coordenador do CREC, “o evento é inspirado no chamado do Papa Francisco aos jovens do mundo para a conferência A Economia de Francisco, que faz referência a São Francisco de Assis, cuja trajetória foi marcada pela dedicação aos pobres e marginalizados”.

Sobre o evento em Assis

Assessorado por importantes nomes da agenda mundial de economia e desenvolvimento sustentável, o Papa propôs fazer um pacto com os jovens, independente de crença, religião e nacionalidade, para mudar a economia atual, que gera pobreza, desigualdade e degradação da natureza. Segundo o pontífice, é necessário “dar alma a economia do amanhã”, construir economias mais solidárias, justas e sustentáveis. Para ele, as mudanças que o mundo precisa para não colocarmos mais em risco o bem comum requerem uma “renovada visão ética, que saiba colocar no centro as pessoas, com o objetivo de não deixar ninguém à margem da vida. Uma visão que una em vez de dividir, que inclua ao invés de excluir”.

Sobre o evento em Viçosa

Tomando como referência a Carta Encíclica ‘Laudato Si’, o Seminário espera contribuir com os esforços do Papa a uma “conversão das mentes e dos corações” para desenvolvimento de uma ecologia integral, que nos condicione a ter mais cuidado com a “nossa casa comum”. Para o professor Alair, “a universidade se torna um importante ambiente para fomentar esse diálogo: tendo como missão institucional a ‘formação de cidadãos capazes de enfrentar os desafios e atender as demandas da sociedade’, torna-se, assim, lócus para pensar as novas configurações da sociedade e suas relações com a economia e com a natureza. A Universidade precisa ser vetor das mudanças”.

Os interessados em participar podem fazer a sua inscrição pelo link: bit.ly/economiadefranciscoufv

Confira a programação:

Agenda