terça-feira

, 16 de agosto de 2022

Seminário São José celebra seus 270 anos

22 de dezembro de 2020 Arquidiocese

Em clima de festa e gratidão, o Seminário São José celebrou os seus 270 anos na manhã deste domingo, 20 de dezembro. Uma missa, presidida pelo arcebispo de Mariana, Dom Airton José dos Santos, marcou a data. Na celebração também foi realizada a posse canônica do monsenhor Celso Murilo Souza Reis como reitor e do padre Sérgio José da Silva como ecônomo.

Na ocasião, também foi instituído o ministério de acólitos aos seminaristas: Carlos Heitor Fideles (Paróquia N. S. Conceição em São Miguel do Anta), Emanuel Tadeu (Paróquia Nossa Senhora da Piedade em Rio Espera), Fernando Hilário (Paróquia São Manoel em Rio Pomba), Johny Sales (Paróquia São João Batista em Barão de Cocais), Pedro Hugo (Paróquia Sant’Ana e São Joaquim em Antônio Carlos), Róbson da Cunha (Paróquia Santa Rita de Cássia em Viçosa), Vitor Campos (Paróquia São João Batista em Conselheiro Lafaiete), e Wesley Pires (Paróquia Nossa Senhora da Conceição em Senador Firmino). E o ministério de leitores aos seminaristas Carlos Geovane Nunes Magri (Basílica São José em Barbacena), Fabrício Lopes Fernandes (Paróquia São José em Pedra Bonita) e José Mário Santana Barbosa (Paróquia N. S. da Piedade em Barbacena). 

Para o seminarista Robson da Cunha receber o ministério de Acólito é tomar ainda mais consciência do serviço no qual foi chamado a se aprofundar. “É unir-me ainda mais ao altar do Senhor, fazendo da minha vida uma oblação a Deus e para formar um só corpo na fraternidade. Mais do que uma faculdade é um modo de vida que deve me impulsionar a ser mensageiro e construtor de unidade e de paz. Louvo e agradeço a Deus por graça tão generosa e por conceder-me viver esse momento no Seminário de Mariana”, disse. 

Na celebração, Dom Airton destacou que a presença no Seminário não é apenas uma formação acadêmica, mas uma formação a um ministério sagrado da Igreja, para servir a Deus. “A preparação que o seminário busca dá através dos seus valores, das disciplinas, e através da obediência à palavra de Deus, tem como objetivo formar homens de espírito, homens que buscam compreender Deus que se revela”, afirmou.

Seminário de Mariana 

O Seminário de Mariana foi fundado aos 20 de dezembro de 1750 por Dom Frei Manuel da Cruz (1745-1764), primeiro bispo da diocese de Mariana. Inicialmente o seminário recebeu o nome de Seminário Nossa Senhora da Boa Morte e, posteriormente, foi desmembrado em dois seminários, sendo o outro denominado Seminário Maior São José.

 

Agenda