terça-feira

, 09 de agosto de 2022

Seminaristas participam de missão na Diocese de Araçuaí (MG)

03 de fevereiro de 2022 Arquidiocese

Os seminaristas da Arquidiocese de Mariana com o Bispo Diocesano de Araçuaí 

Entre os dias 06 e 21 de janeiro, os seminaristas Fabrício Pimentel Júnior, João Lucas Ferreira Basílio e David Patriste de Oliveira da Arquidiocese de Mariana realizaram missão na cidade de Minas Nova (MG), pertencente à Diocese de Araçuaí (MG). Ao todo, 52 pessoas, entre bispos, padres e seminaristas, participaram da missão.

Além da Arquidiocese de Mariana, os demais missionários eram representantes das Igrejas Particulares de Araçuaí (MG), incluindo o Bispo Diocesano Dom Esmeraldo Barreto de Farias, Cornélio Procópio (PR), que também contou com a presença do Bispo Diocesano Dom Manuel João Francisco, Cachoeira do Itapemirim (ES), Luz (MG), Montes Claros (MG) e Pouso Alegre (MG).

Ainda, participaram também religiosos Agostinianos que atuam na região de Novo Cruzeiro (MG) e Chapada do Norte (MG) e representes da Pontifícia Obras Missionárias (POM): o Coordenador Continental, padre Maurício Jardim, e o Secretário Nacional, padre Antônio Niemiec.

Durante os 15 dias foram realizadas atividades formativas, culturais, espirituais e missionárias. Ainda, os participantes foram separados em equipes e enviados às 74 comunidades rurais da Paróquia de São Pedro do Fanado para realizarem os trabalhos missionários entre os dias 09 e 18 de janeiro. Com muita atenção, carinho e amor fraternal, os missionários visitaram casas, atenderam enfermos, realizaram encontro de lideranças, com os jovens, crianças e casais. Além disso, confissões foram atendidas pelos ministros ordenados.

À exemplo da mensagem do Papa Francisco, que neste ano nos chama atenção para o verbo da escuta em sua mensagem para o 56º Dia Mundial das Comunicações Sociais  os participantes acolheram e ouviram os filhos de Deus que lhe foram confiados na missão. Dificuldades, sofrimentos, alegrias e esperança foram compartilhados durante esses dias.

“Carrego comigo a lembrança de uma realidade de um povo marcado pelo sofrimento, carente e abandonado pelas autoridades competentes, mas que possui uma piedade popular muito forte acompanhada de uma esperança em dias melhores alicerçados na fé em Deus. Escutei relatos tristes, histórias de descaso e de solidão. Porém ouvi alegrias e muitas histórias maravilhosas de superação e ação de graças mostrando que a fé realmente move montanhas, sendo que, para este contexto, é um conforto e um porto seguro no mar de dores”, relatou o seminarista João Basílio.

 Missão como serviço de amor à Deus e ao seu povo

 “Todos somos chamados a ser discípulos missionários de Jesus Cristo. Nossas atitudes e reflexões devem ser imagem da Igreja em Saída Missionária que acompanha e é presença samaritana e profética, especialmente, em meio às periferias. Portanto, somos motivados a estar em saída, saber que há aqueles que estão carentes de Cristo e de uma palavra amiga e acolhedora. A motivação é dizer sim a exemplo de Cristo ir anunciar (e também escutar) a boa nova em todos os povos e lugares”, disse o seminarista João Basílio sobre a motivação para a missão.

Para o seminarista Fabrício, a experiência foi muito marcante. “Pude conhecer as diversas realidades daquela cidade, sobretudo na comunidade Bem Posta, onde fiquei dez dias evangelizando e conhecendo a realidade e a história daquela comunidade. Percebi a importância de ser uma Igreja em Saída. Onde o povo estar, a Igreja também deve estar.”, afirmou.

Segundo o seminarista David, a missão é importante para sua formação enquanto futuro sacerdote da Igreja. “Conhecer outra realidade se torna uma oportunidade única de humanização. Levando em consideração o caráter formativo da missão, afirmo que a mesma possibilita uma grande sensibilidade pastoral ao seminarista […]. Portanto, o encontro intenso com as pessoas é sinalizar a presença amorosa de Deus que se compadece e que não abandona o seu povo”, ressaltou.

Com a colaboração do seminarista João Lucas Ferreira Basílio

Fotos: Arquivo pessoal dos Seminaristas

Agenda