sexta-feira

, 19 de agosto de 2022

Tem início, em Viçosa, o Curso da ENEP

08 de julho de 2022 Arquidiocese

Aconteceu nesta terça-feira, 05 de julho, o primeiro módulo do curso da Escola Nacional de Energia Popular (ENEP) na sede da instituição, em Viçosa (MG). À ocasião, participaram nove organizações: Comunidade Eclesial de Base (CEB), Escola Família Agrícola Dom Luciano, Escola Família Agrícola Paulo Freire, Comissão Justiça e Paz (CJP), Comissão pro asfalto (MG 280), Movimento Evangélico Popular Eclesial (MEPE), Paróquia São João Batista, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e Centro de Documentação Eloy Ferreira da Silva (CEDEFES).

Trabalhando há 44 anos com Comunidades Eclesiais de Base e com experiência missionaria nos estados de Rondônia e Maranhão, o curso foi assessorado pelo Pároco da Paróquia de Santo Antônio, em Granada, Padre Luiz Faustino dos Santos, que falou sobre história e conceito de CEBs.

Em sua participação, o sacerdote lembrou o importante papel de Dom Helder Câmara, apelidado de “bispo vermelho”, na gestão da Igreja inserida no meio popular. Além disso, ele também destacou a importância de proximidade entre Dom Helder e Paulo Freire, em um mesmo processo de libertação do povo e citou, como exemplo, a inspiração comum dos círculos de cultura e círculos bíblicos. Após a apresentação do Padre Luiz Faustino, cada organização presente contou, brevemente, sua história.

O curso ENEP está dividido em quatro módulos, um a cada mês, e seu principal objetivo é o fortalecimento da organicidade da ENEP, a fim de ela se consolidar como universidade popular. Os três próximos módulos estão organizados assim:

  • 02 de agosto: educação popular e método popular;
  • 06 de setembro: trabalho – por que os ricos se enriquecem (exploração);
  • 04 de outubro: como exercitar o poder popular.

A avaliação das organizações apontou a viabilidade de abrir uma segunda turma para atender outros sujeitos, principalmente, pessoas que moram em Viçosa, estudantes, professores e demais impossibilitados de participar na terça pela manhã. Existe apontamento dessa nova turma ser na noite da primeira segunda de cada mês, no mesmo dia da reunião da coordenação da ENEP, mas a data ainda será confirmada. O Grupo de Ação e Reflexão (Gare) responsável pela organização do curso, agradece cada pessoa que contribuiu para sua realização, com destaque para Cida e Quitéria, que colaboraram com os trabalhos (cozinha), e ao Padre Luiz Faustino.

Texto: Pe. Antônio Claret Fernandes

Foto: Divulgação

Agenda