sexta-feira

, 12 de julho de 2024

Teologia Pastoral foi tema do Encontro de Formação para os Diáconos Permanentes

27 de junho de 2023 Arquidiocese

Aconteceu nos dias 17 e 18 de junho, na Casa de Filosofia do Seminário São José, mais um Encontro de Formação para os Diáconos Permanentes da Arquidiocese de Mariana. Com a assessoria do Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, Padre José Geraldo de Oliveira, à ocasião, foi trabalhado o tema “Teologia Pastoral”.

Com a participação de 20 diáconos, durante o encontro, os presentes tiveram a oportunidade de refletir sobre a caminhada pastoral e missionária da Igreja. Tendo como embasamento as orientações do Concílio Vaticano II e o Projeto Arquidiocesano de Evangelização (PAE), discutiu-se sobre a ação da Igreja na contemporaneidade a total necessidade de renovação e adaptação de todos os que trabalham para que o Reino de Deus aconteça verdadeiramente.

Segundo o Coordenador dos Diáconos Permanentes da Arquidiocese de Mariana (CAD), Diácono Sebastião Góis Pereira, o encontro também foi marcado na noite de sábado por partilhas sobre as experiências e dificuldades vivenciadas no exercício do ministério, bem como para elaborar agenda de compromissos para 2024, incluindo datas arquidiocesanas já conhecidas. “Os dois momentos foram muito enriquecedores”, frisou o Colaborador da Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, em Itabirito (MG).

Conforme o Diácono Paulo Isaías Vieira, a experiência e o conhecimento do Padre José Geraldo proporcionaram aos presentes infinitas possibilidades de aprendizado, aprimorando o trabalho pastoral dos ministros ordenados. “Muitas vezes deparamo-nos com grandes desafios e são nessas horas que o preparo e conhecimento se fazem mais necessários”, disse o Colaborador da Paróquia Santo Antônio, em Cristiano Otoni (MG).

“Nosso coordenador de pastoral arquidiocesano insistiu que a Igreja é essencialmente missionária pela própria natureza, bem como o fato de que a missão de Jesus nos fora transmitida. Por isso, é necessário que entre os pequenos grupos, comunidades, paróquias, foranias, regiões, enfim, em toda a Arquidiocese, haja um verdadeiro diálogo para que o trabalho produza bons frutos. São momentos assim que para nós, Diáconos, abrem os horizontes para a continuidade de realização de nossa ação evangelizadora e missionária”, destacou o Diácono Paulo Isaías.

Na avaliação do Diácono Walmick Pimentel Marcos, Colaborador da Paróquia Nossa Senhora da Penha, em Barbacena (MG), “saímos fortalecidos e mais conscientes do nosso papel de acolher, formar e incentivar o povo de Deus a buscar uma experiência pessoal e comunitária, com amor a Deus nas situações cotidianas e assim vivermos juntos o reino de Deus entre nós”, ponderou sobre a relevância do momento de formação.

Com informações dos Diáconos Paulo Isaías, Sebastião Góis e Walmick Pimentel

Foto: Divulgação