sexta-feira

, 19 de agosto de 2022

Tríduo e homenagens marcaram a preparação para a ordenação de Dom Lauro

26 de janeiro de 2022 Arquidiocese

A Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Viçosa (MG), realizou nos últimos três dias, 22 a 24 de janeiro, um lindo Tríduo em Preparação para a ordenação episcopal de Dom Lauro Sérgio Versiani Barbosa. A celebração aconteceu nesta terça-feira, dia 25, às 10h, na Igreja Matriz.

Com os temas relacionados à missão do bispo, que é “Ensinar, Santificar e Governar” o Povo de Deus, a liturgia foi enriquecida com a presença de sacerdotes, religiosos e especialmente o povo que acompanhou cada momento com muita oração e fé.

Primeiro dia

O primeiro dia foi marcado com a pregação do Vigário Geral da Arquidiocese de Mariana, Monsenhor Luiz Antônio Reis Costa, que presidiu a celebração abordando o tema: a missão de ensinar.

O Monsenhor Luiz Antônio citou o Papa São João XXIII, que fez uma reflexão em sua preparação para a ordenação episcopal, seguindo os ensinamentos de Santo Tomás de Aquino: “há uma variedade das vocações, mas a vocação do bispo, essa é uma vocação especial, intimamente ligada à perfeição cristã, a qual todos somos chamados a viver. O bispo deve ser dócil ao Espírito Santo. A perfeição é a caridade. Quem permanece na caridade, permanece em Deus”.

O bispo é aquele que ensina a Palavra de Deus, o Evangelho, a doutrina da Igreja que nada mais é que a Palavra explicada, contextualizada.

O Monsenhor Luiz Antônio também citou Dom Viçoso, que percorreu a Arquidiocese de Mariana, a cavalo, como missionário, ensinando o povo, cujo a maioria não sabia ler. Ele transformou o Catecismo em música, facilitando o aprendizado do povo.

Ao final da celebração o Monsenhor Luiz Antônio presenteou Dom Lauro com um crucifixo do século XIX, pedaço da história de Minas Gerais, que significa a caridade de Cristo que no maior gesto de amor se entregou na Cruz. Dom Lauro disse que tinha ganhado de seu pai um crucifixo como esse, que pertencia ao Monsenhor João Castilho Barbosa, seu tio avô, mas que com o tempo foi perdido, e agora esse presente o faz recordar essa ação missionária.

Além do Vigário Geral da Arquidiocese de Mariana, também estiveram presentes o diácono Délio Duarte e o atual administrador paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima, padre Paulo Vicente Ribeiro Nobre.

Ao final da celebração do primeiro dia do Tríduo foi afixado na Matriz um quadro com a foto de Dom Lauro, que simboliza o serviço dele como Pároco nesse período em que ele esteve à frente dessa paróquia.

Confira mais fotos do primeiro dia aqui

Segundo dia

O segundo dia do Tríduo foi presidido pelo Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, Dom Geovane Luís da Silva, com o tema: “a missão de santificar”. Estiveram presentes também o padre Paulo Nobre, padre Wenderson José da Silva e o diácono Délio Duarte.

Dom Geovane destacou como missão de santificar, que a vida espiritual do povo de Deus depende da vitalidade e da vida espiritual do bispo. Cabe ao bispo cuidar da vida espiritual do Povo de Deus que tem a sua fonte na Liturgia. “O coração da Igreja bate: anúncio, celebração, serviço”. Segundo Dom Geovane, Jesus iniciou a sua missão com gestos litúrgicos, na palavra e no partir do pão.

Cada lugar por onde Jesus passou tem um significado: Jerusalém, Nazaré, Belém e Cafarnaum são lugares que nos dizem muito da missão e identidade de Jesus.

Em Nazaré, Jesus foi concebido. É o lugar do silêncio, da oração, da adoração, a vida escondida de Jesus, do cotidiano, da vida simples de Jesus, da intimidade com o Senhor. Lá, Ele apresenta o seu projeto evangelizador. Cafarnaum é a cidade da missão, da cura dos enfermos, da solicitude com os mais pobres, do chamado de Pedro, Tiago e André.

Para Dom Geovane, é importante que o bispo faça a junção desses dois lugares para servir o Senhor em plenitude.

Ao final do segundo dia do tríduo foi inaugurada a placa que traduz a ação e o cuidado de Dom Lauro para com o embelezamento artístico da Paróquia de Fátima.

Confira mais fotos do segundo dia aqui

Terceiro dia

No terceiro e último dia do tríduo a celebração foi presidida pelo Bispo da Diocese de São João Del Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento. Além dele, estiveram também presentes outros dois bispos, Dom Geovane e o Bispo de Camaçari (BA), Dom Dirceu de Oliveira Medeiros, além de diversos padres e religiosos da Arquidiocese de Mariana e de diversas outras dioceses. O tema da celebração foi: a missão de pastorear (governar).

Dom José Eudes iniciou sua pregação cantando o refrão: “Senhor, chamastes-me, aqui estou!”. Para ele, a ordenação episcopal de Dom Lauro é um grande presente que a Arquidiocese de Mariana oferece à Diocese de Colatina.

O presidente da celebração afirmou que somos amados e incentivados a amar, à imagem do Cristo, o bom pastor, que governa o seu rebanho com cuidado e carinho, diferente de muitos governos desse mundo. Quem quiser ser o maior dentre vós seja aquele que vos serve. O bispo deve ser o Bom Pastor que conhece a voz das ovelhas.

O bispo deve amar o seu rebanho como verdadeiros filhos. Sorrir com os que sorriem e chorar com os que choram. Deve ser capaz de escutar, entender e orientar o povo.

O governo da Diocese vai desde a organização da agenda pastoral, passando pela a administração até o cuidado com as coisas mais elevadas, que é cuidar do rebanho de Deus a ao bispo confiado.

Dom José Eudes interpelou: “Governemos para congregar os que dispersaram, governemos para dialogar com as diferenças, governemos para os pobres e vulneráveis. Governar e servir sempre”.

Em todas as celebrações foi lembrado o precioso exemplo de Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida, cujo postulador da Causa de Beatificação e Canonização deste Servo de Deus foi Dom Lauro. Como bem lembrou o Monsenhor Luiz Antônio, “que o exemplo de Dom Luciano acompanhe o Monsenhor Lauro em sua missão: ‘em que posso servir?’”.

Que Nossa Senhora da Saúde, padroeira da Diocese de Colatina, interceda por Dom Lauro!

Confira mais fotos do trceiro dia aqui

Texto e imagens: Pascom Paróquia de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Agenda