segunda-feira

, 20 de maio de 2024

Tríduo Pascal é encerrado na Catedral de Mariana com a celebração do Sábado Santo

10 de abril de 2023 Arquidiocese

“Ó luz do Senhor

Que vem sobre a terra

Inunda meu ser

Permanece em nós”.

Encerrando o Tríduo Pascal, os fiéis se reuniram na noite de sábado, 08 de abril, na Catedral Basílica de Nossa Senhora da Assunção, em Mariana (MG), para participar da solene Vigília Pascal. Presida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Airton José dos Santos, e concelebrada pelo Pároco e Reitor da Catedral, Padre Geraldo Dias Buziani, a Vigília iniciou-se com a Celebração da Luz, realizada em frente à Praça da Sé.

Destacando que Cristo é o princípio e o fim, Alfa e Ômega, Dom Airton conduziu o rito da bênção do fogo, bem como o preparo do círio pascal. Em seguida, em procissão, o Arcebispo e os demais integrantes da equipe de Liturgia retornaram para a Catedral, quando a Páscoa foi proclamada, em júbilo, por Dom Airton: “Eis, pois a festa da Páscoa, na qual foi posto à morte o verdadeiro Cordeiro, cujo sangue consagrou as portas dos fiéis”, rezou o Arcebispo.

Bênção da Água Batismal.

Proclamada a Páscoa do Senhor, deu-se início a segunda parte da celebração, com a Liturgia da Palavra, quando os fiéis presentes ouviram as sete leituras do Antigo Testamento e a Epístola de São Paulo aos Romanos (Rm 6, 3-11). Ao som dos sinos da Catedral, em uma só voz, os presentes uniram-se para cantar o Glória, enquanto os altares eram desnudos e as velas acessas em comemoração à ressurreição do Senhor. 

“Quanta coisa vem em nossa mente na noite deste Sábado Santo? Ouvimos os textos da Sagrada Escritura desde o princípio, desde quando Deus criou todas as coisas, finalizando com a criação do homem e da mulher a sua imagem e semelhança, passando por Moisés, que libertou o povo da escravidão do Egito, depois pelos profetas, chegando até o Evangelho, nós nos alegramos porque celebramos não mais aquela libertação da escravidão do Egito; aquela Páscoa é a antiga Páscoa. Nós celebramos a Páscoa de Nosso Senhor, que passou dessa vida para o Pai, garantindo, assim, que também nós iremos passar dessa vida para o Pai. Seguiremos Jesus Cristo, o primeiro a ressuscitar dentre os mortos e com a sua ressurreição, e depois iremos celebrar a sua ascensão, nós nos alegramos porque Deus mesmo cumpriu a sua promessa”, disse Dom Airton em sua homilia. 

Em sua reflexão, o Arcebispo Metropolitano de Mariana convocou aos presentes que, tocados pelas leituras e salmos da celebração da Vigília Pascal, tornem-se testemunhas fiéis do amor e da Palavra de Deus. Segundo ele, é essa a razão de, durante a celebração, ser realizada também a renovação das promessas batismais e a profissão de fé.

Após a homilia, ocorreram a Liturgia Batismal, momento em que foi entoada a ladainha de todos os santos, abençoada a água batismal e renovada as promessas do Batismo, e a Liturgia Eucarística. 

A Vigília Pascal foi transmitida ao vivo pelo canal do YouTube da Arquidiocese e pode ser assistida na íntegra em:

Fotos: Magu Tavares

Agenda