sábado

, 20 de agosto de 2022

XXVIII Encontro de Presbíteros e Diáconos começa em Cachoeira do Campo

06 de março de 2018 Arquidiocese

Para refletir o tema “O cuidado com a saúde integral dos presbíteros e diáconos”, 183 padres e diáconos estão reunidos desde ontem (5) no Retiro das Rosas, em Cachoeira do Campo, no XXVIII Encontro de Presbíteros e Diáconos da Arquidiocese de Mariana.

Na abertura realizada na tarde dessa terça-feira, o arcebispo de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, destacou a necessidade do encontro para reforçar a premissa de que ninguém é presbítero sozinho. “É um momento de convivência fraterna, de corresponsabilidade pastoral e de animação para enfrentarmos os desafios inerentes ao ministério dos presbíteros, dos diáconos e do bispo também”, afirmou, antes de dizer que “é na comunhão que nós crescemos e realizamos a missão”.

Segundo o representante dos presbíteros, padre Edmar José da Silva, o encontro é uma oportunidade dos presbíteros e diáconos solidificarem a amizade fraterna e refletirem sobre temas ligados à sua vida e ao exercício do seu ministério. “Encontrar é sempre um ato humano e humanizante. Por isso, estes dias são de fundamental importância para o fortalecimento dos laços afetivos e pastorais que nos unem”, ressalta.

Padre Edmar explica que o estudo do tema, conduzido pelo doutor em psicologia, Willian César Castilho Pereira, é importante porque “aquele que tem como vocação principal cuidar dos outros, também precisa cuidar de si”. Ele destaca que o cuidado de si mesmo envolve todas as dimensões da vida humana: física-biológica, psíquica e espiritual.

Segundo o representante dos presbíteros da Região Oeste, padre Paulo Barbosa, o tema convida a reflexão da situação que os padres e diáconos também se encontram, vivendo “diante dos emaranhados, da multiplicidade das questões e problemas do mundo”. Ele acredita que para viver a saúde integral, os padres precisam se posicionar, “buscar não a centralidade de si mesmo, mas buscar o que é ser hoje o eu sacerdotal no ministério, nas diversas conjunções e reflexões que a vida traz”.

Para um dos representantes dos presbíteros da Região Norte, padre Luiz Roberto de Souza, o tema é de profunda importância para os ministros ordenados. “Na atualidade lidamos com diversas situações, por isto devemos estar bem para que possamos cuidar dos outros. É um momento de grande renovação e motivação para que possamos lidar com tantas dificuldades enfrentadas no dia-a-dia”, opina.

 

Programação

Até quinta-feira, os padres e diáconos continuarão os estudos, discutindo em grupos o tema do encontro.

Na quarta (7), haverá o lançamento do livro “Dom Luciano: servo de Deus e irmão dos pobres”, escrito pelo padre Francesco Sorrentino, que está sendo vendido pela Editora Dom Viçoso.

Agenda