domingo

, 03 de dezembro de 2023

Pároco

Pe. Edmar José da Silva

Festa do Padroeiro

08/12

Data de Fundação

08/12/1707

Telefone

(31) 3551-3282 Fax: (31) 3551-4661

Whatsapp

3135513282

Site

Clique aqui

E-mail

santuarioarqnsc@yahoo.com.br

Paróquia Nossa Senhora da Conceição

BREVE MEMÓRIA HISTÓRICA DA PARÓQUIA E DA
MATRIZ NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DE OURO PRETO – MG

  • 1699: Construção da 1ª capela de Nossa Senhora da Conceição.
  • 1705: O Bispo do Rio de Janeiro, D. Francisco de S. Jerônimo enviou os Padres João de Faria Filho e Manoel de Castro como vigários de Ouro Preto (compêndio das Capitanias de Minas Gerais).
  • 1707: Nomeação do 1º Pároco da “Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Vila Rica e antigo arraial de Antônio Dias”, o Pe. Marcelo Pinto Ribeiro. (Arquivo Histórico Ultramarino). Em requerimento à Câmara de Vila Rica consta como “sendo a de Nossa Senhora da Conceição a mais antiga de Vila Rica e de todas as Minas”… (Arquivo Histórico Ultramarino).
  • 1709: 1º assento de Batizado, na Freguesia, no dia 6 de julho.
  • 1712: Gregório de Azevedo e Andrade envia requerimento à Câmara, solicitando “uns chãos para fazer umas casas junto à Igreja de Antônio Dias”.
  • 1716: O nome da Paróquia Nossa Senhora da Conceição Consta da relação de Paróquias de Minas.
  • 1717: Foi criada (29 de novembro) a Irmandade do Santíssimo Sacramento.
  • 1721: Foi criada a Irmandade Nossa Senhora da Boa Morte.
  • 1724: Tornou-se Vigária Colada. A Câmara de Vila Rica solicita licença do Rei para aplicar na Igreja, que se achava em ruínas, 2.500 oitavas que havia prometido, o que foi autorizado em 1.727.
  • 1727: Manoel Francisco Lisboa, pai do Antônio Francisco Lisboa “O Aleijadinho”, arrematou a obra de reconstrução da Matriz, tendo sido cogitada para ser sede do Bispado que seria criado em Minas por indicação do Provedor da Fazenda, Dr. Antônio Berquió Del Rio. Neste mesmo ano tomou posse, na Matriz, o novo Governador, o Conde Galvêas.
  • 1735: Toma posse, na Matriz, o novo Governador, Gomes Freire de Andrade.
  • 1738: Irmandades, Nossa Senhora da Conceição, São Gonçalo e das Almas, constroem a Sacristia.
  • 1772: Irmãos do Santíssimo solicitam ao Rei ajuda para assoalhar a Capela Mor.
  • 1868: O engenheiro da Província manda fechar a Igreja por ameaçar ruína. O Santíssimo Sacramento foi transferido para a Capela de São Francisco de Assis. O Governo auxiliou as obras de reconstrução com a quantia de 5.000$000.
  • 1968: Foi instalado o Museu Aleijadinho, com a finalidade de contribuir para o incentivo do amor à arte e à história, utilizando-se de três espaços: Consistório, Sacristia e Cripta.
  • 1977: Solicitado à Santa Sé, a Graça de Jubileu para a tradicional novena de Nossa Senhora da Conceição. Foi concedido para Sagrada Paenitentiaria Apostolica por um período de sete anos.
  • 1998: Renovado o pedido à Santa Sé para a renovação do Jubileu em caráter definitivo, o que foi atendido, no mesmo ano, com o seguinte despacho: “Paenitentiaria Apostolica, de Summi Pontificis mandato, benigne annuit pro gratia, iuxta preces in perpetuum Contrariis quibuscumque non ostantibus”.
  • 2005: Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida, Arcebispo de Mariana, concede o título de Santuário Arquidiocesano a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias, a instalar-se no dia 8 de dezembro do corrente ano, dentro das comemorações do centenário da Diocese de Mariana a elevação de Arquidiocese.
Fonte de Pesquisa: “Dr. Ivo Porto de Menezes”/Via site da paróquia