sábado

, 20 de agosto de 2022

Pároco

Pe. Marco Túlio da Paz

Festa do Padroeiro

28/10

Data de Fundação

16/10/2013

Telefone

(31) 3761-7946

E-mail

santuario_sjt28@hotmail.com

Paróquia São Judas Tadeu

A História da Comunidade São Judas Tadeu, em Conselheiro Lafaiete, tem início nos últimos anos da década de 1990 quando o bairro, que então se chamava Tietê, começou a se desenvolver em áreas até então desabitadas. Nessa época, uma moradora, Sra. Mônica do Carmo, solicitou ao então pároco da Paroquia Sagrado Coração de Jesus, Padre Luiz Carlos Cesar Ferreira Carneiro, a abertura de uma turma de catequese na comunidade e a celebração de uma Missa mensal. O pedido foi atendido e nascia assim mais uma comunidade daquela Paroquia, cujo Padroeiro escolhido foi São Judas Tadeu, uma vez que a devoção ao Santo já era grande na cidade e seus devotos tinham que deslocar-se para cidades vizinhas sempre que desejavam ocorrer a sua igreja.

Em 28 de outubro de 1999 ,em Missa presidida pelo então pároco, Padre Luiz Carneiro e concelebrada pelo vigário paroquial, Padre José Alves da Rocha, foi lançada a Pedra Fundamental da grandiosa igreja de São Judas Tadeu. Na mesma celebração foi  abençoada a primeira imagem deste Apostolo, exposta permanentemente á veneração dos fiéis, doação realizada pelo Sr. Édson Albuquerque para a nova comunidade. Dali em diante as celebrações passaram a ser no local de construção da igreja, todo quarto domingo e todo dia 28 de cada mês, iniciando assim a novena Perpetua mensal que se conserva até hoje.

No dia 18 de outubro de 2003 foi abençoada a grandiosa imagem de São Judas Tadeu, com 2,15m de altura, esculpida em madeira e policromada pelo autor Rogério Fernandes, da cidade de São João Del Rei-MG. Depois de percorrer em procissão motorizada as principais ruas da cidade, a imagem foi entronizada em altar provisório, no mesmo lugar em que se encontra seu altar atual. Digno de nota é o esforço dos numerosos devotos de São Judas Tadeu na construção de sua igreja, como também do Centro Pastoral, da Secretaria e da Casa Paroquial anexo a ela realizando a doação de todo material necessário, do alicerce ao acabamento.

Em 2007, com a construção da igreja praticamente finalizada foi criada a Reitoria São Judas Tadeu e nomeado como primeiro reitor o Pe. Valter Monteiro da Paixão, que deu o impulso inicial nos trabalhos pastorais, agora com autonomia em relação a Paroquia Sagrado Coração de Jesus. Simultaneamente continuaram as obras de acabamento da igreja e dos espaços anexos a ela. As celebrações passaram a ocorrer todos os domingos e dias santos e a Novena Perpetua e a Festa do Padroeiro foram ganhando cada vez mais destaque e tornando-se mais conhecidas.

Durante a Novena de São Judas Tadeu, no  ano 2009, foram abençoados dois dos três sinos do Santuário, aos quais foram dados os nomes de Nossa Senhora das Graças (médio) e Santa Helena (pequeno). Um ano mais tarde o terceiro e maior deles , que leva o nome de São Judas Tadeu, também foi abençoado e instalado no alto da torre.

Na Solenidade de Todos os Santos, dia 07 de novembro de 2010,o Arcebispo Metropolitano de Mariana e então presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Dom Geraldo Lyrio Rocha, dedicou solenemente a nova igreja, completamente acabada, e conferiu a ela o título e a dignidade de Santuário Arquidiocesano de São Judas Tadeu.

Na mesma celebração foram encerradas debaixo o altar-mor as preciosas relíquias dos mártires São Pio e Santa Vitória, que professaram a fé e derramaram seu sangue nos primeiros séculos do cristianismo  e também de São Domingos de Gusmão, presbítero, fundador da Ordem dos Pregadores e grande difusor da devoção do Santo Rosário.

Em fevereiro de 2012 o mesmo Arcebispo nomeou o Pe. Marco Túlio da Paz como novo reitor do Santuário. Em maio daquele ano, Dom Geraldo fez sua primeira visita Pastoral á Reitoria. Tendo conhecido todo o trabalho pastoral aqui desenvolvido, o Sr. Arcebispo decidiu criar a Paróquia São Judas Tadeu e nomear Pe. Marco Túlio como seu primeiro pároco. A celebração solene de instalação se deu em 28 de outubro do mesmo ano.

Em razão do grandioso fluxo de fiéis que vão ao Santuário, sobretudo nos dias da Novena e Festa de São Judas Tadeu, e do crescimento dessa devoção, celebrada com piedade e solenidade na sagrada liturgia, a Santa Sé, por meio da Penitenciaria Apostólica e em nome do Papa Francisco, concedeu em julho de 2015 a graça da Indulgência Plenária aos fiéis, que satisfizerem as condições prescritas pela Santa Igreja e visitarem o Santuário e a imagem de São Judas Tadeu anualmente entre os dias 19 e 28 de outubro. Dessa formam, a Festa de São Judas Tadeu tornou-se um Jubileu, isto é, tempo de júbilo,de alegria, de graça abundante de Deus, oferecida pela Santa Mãe Igreja, dispensadora dos dons da salvação.

E assim a comunidade paroquial de São Judas Tadeu vai trilhando dia a dia o caminho da fé, da esperança e da caridade, atenta á exortação de seu Padroeiro ,em sua Carta: “lembrai-vos dos ensinamentos que vos transmitiram os Apóstolos”.