quinta-feira

, 26 de maio de 2022

Arquidiocese de Mariana acolhe seis novos Diáconos Transitórios

09 de maio de 2022

Foto: Thalia Gonçalves

Marcada pela emoção e alegria, aconteceu no último sábado, 07 de maio, na Basílica do Sagrado Coração de Jesus, em Conselheiro Lafaiete (MG), a Ordenação Diaconal de Emanuel Tadeu Dias Teixeira, Johny Sales, Pedro Hugo Alves Talin, Róbson da Cunha Chagas, Vitor Nogueira de Campos e Wesley Pires dos Santos. Pela imposição das mãos e oração consecratória do Arcebispo Metropolitano de Mariana, Dom Airton José dos Santos, os novos Diáconos deram mais um passo rumo ao sacerdócio. 

Ordenados para os serviços da Palavra, da Caridade e do Altar, durante a sua homilia, Dom Airton explicou sobre as três missões do diaconato. Recordando que a Palavra de Deus inspira as ações cotidianas de cada pessoa, o Arcebispo Metropolitano de Mariana afirmou que todos os batizados são Ministros da Palavra. “Por isso, a nossa responsabilidade é imensa: porque depende de como nós experimentamos, vivenciamos, aprofundamos a Palavra de Deus para nós mesmos, depende de como nós fazemos isso para colocá-la em prática e sermos sinais para o mundo que necessita da Palavra de Deus”, disse, destacando que a Ela deve ser anunciada a todo momento.

“Os Diáconos deverão dar testemunhos pela sua própria vida dessa adesão a Jesus Cristo e compreender, portanto, que a proximidade com Nosso Senhor não é sentimental, mas efetiva e vivencial e o testemunho deve ser operacional. Portanto, o trabalho dos Diáconos deve ser a serviço dos mais pobres”, continuou. 

Foto: Thalia Gonçalves

Enfatizando que o Diácono não preside a celebração, Dom Airton falou sobre o último serviço. “Ao preparar o Altar, se tornam servidores do Corpo e do Sangue do Senhor e devem fazer isso de tal modo que ajude os fiéis todos a compreenderem a profundidade desse gesto”, pontuou.

Ao finalizar sua reflexão, ele ainda demonstrou sua alegria e acolhida aos novos integrantes do Clero Marianense. “A nossa Arquidiocese se alegra muito por esses seis novos Diáconos. Nós rezamos por eles, mas devemos pedir novamente: rezem pelos ministros da Igreja”, solicitou. 

Encerrada a homilia, deu-se continuidade ao rito de ordenação, momento que foi acompanhado com emoção e fé pelos presentes. Após ordenados, os jovens serviram pela primeira vez no Altar.

Berço de vocações

À véspera do 59º Dia Mundial de Oração pelas Vocações, celebrado no dia 08, a ordenação diaconal dos seis jovens foi um momento júbilo para toda a Igreja Particular de Mariana e, em especial, para o Seminário Arquidiocesano de São José.

Foto: Caio Amora

“Para nós, sem dúvida, é muito gratificante cada ordenação que acontece porque significa que o Seminário está cumprindo a sua missão, está ajudando nesse caminho de discernimento da vocação e está dando suporte necessário para que os nossos seminaristas, na liberdade e na responsabilidade, possam dizer o seu sim”, declarou o Reitor do Seminário São José, o Monsenhor Celso Murilo Sousa Reis. Para ele, o momento também representa a certeza que, através da comunidade formativa do Seminário, Deus apoia para que a resposta aos chamados vocacionais aconteça da melhor maneira. “Estamos muito felizes, agradecidos a Deus e esperançosos também com a missão que esses novos Diáconos vão desempenhar”, enfatizou.

O dia escolhido para a ordenação também antecedeu o Dia das Mães, o que tornou o momento ainda mais especial para as mães dos novos Diáconos. “Eu estou muito emocionada com essa vitória dele. Desde pequeno, [Johny] falava que ia ser padre, só que eu não acreditava. Até que chegou hoje, a ordenação diaconal. Na véspera do Dia das Mães eu ganho um presente desse”, descreveu a mãe do Diácono Johny, Aparecida Faustino de Sales. 

Quem também compartilhou como estava se sentindo foi a mãe do Diácono Emanuel, Maria das Graças Dias Teixeira. Não escondendo a alegria de presenciar esse importante passo na caminhada vocacional de seu filho, ela afirmou que é providência de Deus o seu filho ser sacerdote. “Então, coloco nas mãos de Deus, como sempre coloquei, e agradeço muito a Deus por isto: por está vivendo esse momento”, ressaltou. 

Após dois anos de restrições, essa foi a primeira ordenação desde o início da pandemia que os fiéis puderam acompanhar presencialmente a celebração, além pelo canal do YouTube da Arquidiocese de Mariana. À ocasião, cerca de 1.500 pessoas estiveram presentes. 

Confira outras fotos AQUI

Veja também:

Após a ordenação, Diáconos Transitórios compartilham seus sentimentos sobre o novo passo dado rumo ao sacerdócio

VEJA TAMBÉM