terça-feira

, 27 de fevereiro de 2024

Arquidiocese de Mariana marca presença no XVI Congresso Nacional da Pastoral Familiar

02 de setembro de 2022 Arquidiocese

Aconteceu entre os dias 26 e 28 de agosto, o XVI Congresso Nacional da Pastoral Familiar. Acolhido pela Arquidiocese de Florianópolis (SC), que de forma coletiva articulou o evento com a Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF) e com o Regional Sul 4 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o evento foi sediado na cidade de Governador Celso Ramos (SC) e contou com a presença de mais de 1400 pessoas.

À ocasião, a Igreja Particular de Mariana marcou a presença com cinco pessoas da Coordenação Arquidiocesana da Pastoral Familiar: o Assessor Padre Luiz Roberto de Souza; o Casal de Coordenadores, Bianca de Fátima Vaz Gallo e Alexandre Natal Gallo, e os Vices Coordenadores Euro Teixeira e Maria Aparecida Silvestre Teixeira.

Refletindo sobre o tema “Amor Familiar: vocação e caminho de santidade” e o “Se eu não tenho amor, eu nada sou”, o Congresso esteve em sintonia em sintonia com o X Encontro Mundial das Famílias realizado em junho. Na visão do Casal de Coordenadores Arquidiocesano da Pastoral Familiar, as reflexões tidas no evento serviram como impulso para a continuidade dos trabalhos da pastoral.

“O Congresso veio de encontro a muitos anseios dos agentes da Pastoral Familiar, abrangendo temas como: ‘Os desafios do mundo de hoje para a Família Cristã’; ‘Amor familiar, vocação e caminho de santidade’; ‘Família e Sinodalidade’ e ‘Amor em família: maravilhoso e frágil’. Foi muito positivo, atual e incentivador. A presença de nossa Coordenação Nacional nos motivou a continuar nosso trabalho pelas famílias”, disse Alexandre Gallo.

Já a Bianca destacou que os testemunhos ouvidos levam a busca da santidade. “A possibilidade de estar presente em um evento como esse e ouvir testemunhos de como fazer para termos êxito nos inúmeros trabalhos que temos junto à Arquidiocese é um privilégio. Entender, por exemplo, como e até onde as redes sociais são benéficas dentro da Pastoral Familiar e perceber que muitas famílias em todo Brasil se esforçam em prol da família nos deu muitos subsídios para repassar aos agentes da Arquidiocese de Mariana”, partilhou.

Para ela, um momento marcante foi a apresentação de todos os Servos de Deus brasileiros, que aguardam processos de beatificação no Vaticano. “Imagina a emoção ao vermos um casal que viveu no Rio de Janeiro (RJ), Zélia e Jerônimo, no início do século passado, aguardando juntos a beatificação! Isso nos traz muita força e coragem para manter os trabalhos”, enfatizou Bianca.

Permanecer na escuta

Após o término do XVI Congresso Nacional da Pastoral Familiar o Secretário Executivo da Comissão Nacional da Pastoral Familiar, Padre Crispim Guimarães, assinou uma carta divulgada para as famílias.

No documento, ele recorda os traços da Virgem Maria, que soube dar atenção a voz do Senhor, e convida as famílias a continuar neste caminho de escuta. Além disso, ele aponta que os tempos são desafiantes, mas não são empecilhos para seguir um caminho rumo a santidade.

“Neste XVI Congresso Nacional das Famílias, fomos recordados que existe uma realidade desafiadora, que exige um olhar amoroso dos pastores para com as pessoas, especialmente aquelas que estão à margem. Fomos recordados que o caminho de santidade se constrói no cotidiano, como uma liturgia, que nos abre para a Sinodalidade, este jeito de caminhar juntos para Deus, especialmente num mundo marcado pelas transformações das novas tecnologias, que nos transportam para dentro das redes sociais e novas mídias, quase que nos tirando do contato pessoal-físico”, afirma Padre Crispim. Leia a carta na íntegra AQUI

Ao final do evento, também foi anunciado que o XVII Congresso Nacional da Pastoral Familiar será realizado em João Pessoa (PB) em setembro de 2025.

*Com informações do portal Vida e Família

Fotos: Arquivo pessoal de Bianca