terça-feira

, 16 de agosto de 2022

Basílica Nossa Senhora do Pilar, em Ouro Preto, recebe concerto de fim de ano

14 de dezembro de 2021 Arquidiocese

Com o tema “’Esperançar’: o despertar para novos tempos”, a Orquestra jovem de Ouro Preto da Escola de Música Padre Simões e o coral Francisco Gomes da Rocha fizeram um concerto musical na Basílica de Nossa Senhora do Pilar, em Ouro Preto (MG), neste domingo, dia 12 de dezembro, às 17h. O tema da apresentação justifica-se pela vontade de retomar às atividades presenciais da escola, após quase dois anos de ensino remoto, devido à pandemia da Covid-19.

O desenvolvimento da apresentação foi construído a partir do Grupo de Flautas Sopros e Canções, depois o repertório “Brasilidades” com a Orquestra completa e, a seguir, canções natalinas com a participação do Coral da Basílica.

Logo no início do evento, o produtor cultural da Escola de Música Padre Simões, Carlos José, mais conhecido como Caju, falou um pouco da história da instituição, que teve como inspiração a vontade do Cônego José Feliciano da Costa Simões, então pároco da comunidade, quando há 18 anos, este projeto foi fundado com a colaboração de tantas pessoas, dentre as quais a atual diretora pedagógica, Maria Tereza Miranda, e o Maestro do Coral, Alcindo Alves.

Segundo Caju, o desejo era que a música pudesse incluir socialmente e culturalmente os jovens, adolescentes e crianças de toda a cidade de Ouro Preto e também dos distritos do município. Foi lembrado também que entre os objetivos estava o de servir à música litúrgica, inserindo a orquestra junto ao coral da Matriz do Pilar. Também, nesta abertura, Maria Tereza Miranda falou da importância desse concerto de final de ano, uma vez que quase todas as atividades da escola em 2021 aconteceram no formato on-line.

Entre os instrumentistas, apresentaram os violinos, violas e violoncelos, além das flautas. No coral tínhamos sopranos, contraltos, tenor e baixo. A apresentação durou uma hora e 30 minutos e trouxe muitas alegrias e sinais de esperança para a comunidade e os familiares dos músicos. Vale ressaltar a presença dos professores que também são protagonistas desta apresentação: o maestro Lucas Duarte Neves, e os demais professores participantes Aurélia Rocha, Frank Rocha e Vitória Viana, que é ex-aluna da escola.

A Escola de Música da Paróquia do Pilar tem como mantenedora a Fundação Cultural de Minas Gerais (FUNDAC) e como parceiros o Museu de Arte Sacra do Pilar (MAS) e a Associação de Amigos da Escola de Música Padre Simões.

Ao final da apresentação, o pároco e reitor da Basílica de Nossa Senhora do Pilar, Padre Adilson Luiz Umbelino Couto, parabenizou a orquestra e o coral, e agradeceu-lhes por todo empenho e dedicação nesta bela e nobre tarefa. “Lembro também que este dia e este local foram muito bem escolhidos para este concerto, pois hoje comemora-se 64 anos da primeira missa celebrada pelo Cônego Simões nesta paróquia. Outra razão da nossa alegria é a primeira missa presidida pelo padre Bruno Gomes, em nossa comunidade. Ele é que filho querido de Ouro Preto.  Também agradeço a presença dele, e o nosso vigário paroquial, padre Daniel Fernandes”, disse padre Adilson. Por fim, o pároco agradeceu todos os presentes, e lhes desejou um feliz e santo natal para todos.

Texto: Paróquia Nossa Senhora do Pilar

Foto: Pe. Adilson Couto

Veja também:

Paróquia de Nossa Senhora do Pilar realiza formação catequética e disponibiliza o material para todos

Agenda