segunda-feira

, 11 de dezembro de 2023

Catas Altas da Noruega festeja com júbilo sua padroeira

08 de agosto de 2022 Arquidiocese

Entre os dias 20 a 31 de julho, a Paróquia São Gonçalo do Amarante, em Catas Altas da Noruega (MG), celebrou o 5º Jubileu de Nossa Senhora das Graças. À ocasião, também recordou-se o 73º ano de encontro da veneranda imagem da Virgem Santíssima, lançada de um avião no dia 29 de julho de 1949.

Foram 12 dias de festa em uma programação diária, no Santuário Arquidiocesano de Nossa Senhora das Graças, com oração do Ofício de Nossa Senhora, recitação do Terço, confissões, celebração da Santa Missa, Novena e diversas apresentações culturais com as tradicionais barraquinhas, além de uma estrutura de palco, som e iluminação montada no seu adro com o apoio da Prefeitura Municipal.

“Manto de Nossa Senhora”

Durante os dias festivos, Catas Altas da Noruega ficou inteiramente enfeitada com bandeirinhas nas cores azul e branco em homenagem à padroeira. A ação foi desenvolvida por meio da mobilização da comunidade local, que não mediu esforços em apoiar a realização do Jubileu junto ao Pároco, Padre João Luiz da Silva. O resultado atraiu a atenção de muitas pessoas que percorreram o “manto de Nossa Senhora”, como foram chamados os 40 mil metros de decoração espalhados por todas as ruas.

Dia solene

O dia da festa, celebrado em 29 de julho, começou bem cedo com a realização da “Caminhada da Fé”, em um percurso de 12km em direção à Gruta de Nossa Senhora das Graças, local onde a imagem foi encontrada e onde foi celebrada primeira missa do dia. Ainda, no Santuário, outrs duas missas solenes foram realizadas. Com grande participação de fiéis romeiros, sacerdotes e do Bispo Diocesano de São João del Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, os presentes também acompanharam, com fé e devoção, a procissão luminosa e a bênção jubilar.

Destaques

Foram diversos os momentos marcantes durante o Jubileu de Nossa Senhora das Graças e dentre eles a presença, pela primeira vez, dos filhos de um dos tripulantes do avião, de onde foi lançada a imagem da padroeira. Outro destaque da solenidade foi a entrega de um documento escrito por próprio punho pelo Padre Luiz Gonzaga Pinheiro, contando a história da chegada da imagem por um devoto de Nossa Senhora.

As comemorações se estenderam nos dias 30 e 31 com a festa julina “Arraiá das Graças”, apresentações culturais, rua de lazer e um Festival Regional de Bandas de Música.

Conheça a história da Santa que caiu do céu AQUI

Texto: Giovane Neiva/Agente da Pascom da Paróquia de São Gonçalo do Amarante

Fotos: Ednéia Photos