sábado

, 13 de abril de 2024

Celebração da Quarta-feira de Cinzas marca o início do caminho penitencial da Quaresma

16 de fevereiro de 2024 Arquidiocese

O Arcebispo Metropolitano, Dom Airton José dos Santos, presidiu na quarta-feira, 14 de fevereiro, às 19h, a missa com a imposição das cinzas na Catedral Basílica de Nossa Senhora da Assunção, em Mariana (MG).

A celebração, que marca o início da Quaresma, é tradicionalmente realizada na Praça Claudio Manoel, popularmente chamada de Praça da Sé. Entretanto, neste ano, foi transferida para o templo religioso devido à chuva.

Na ocasião, a fim de comportar melhor os fiéis presentes, também foi realizada no mesmo horário a missa com a imposição das cinzas no Santuário Arquidiocesano de Nossa Senhora do Carmo. A celebração foi presidida pelo Pároco da Catedral, Padre Geraldo Dias Buziani.

O que significa a imposição das cinzas?

O Arcebispo Metropolitano de Mariana explica que receber as cinzas é entrar no ambiente penitencial. “Nós colocamos as cinzas sobre a cabeça para demonstrarmos que nós estamos arrependidos”, afirma.

Dom Airton presidiu a missa na Catedral.

Segundo Dom Airton, esse gesto remete ao Antigo Testamento. “Davi, quando reconheceu o seu pecado, se vestiu de saco e se jogou nas cinzas para mostrar que estava arrependido. No Antigo Testamento esse gesto era muito forte”, conta.

“Nós fazemos esse gesto no início da Quaresma, na Quarta-feira de Cinzas, para entrarmos neste período de compenetração, de contemplação de Jesus Cristo, de compreensão daquilo que Jesus Cristo significa para nossa vida, para nossa existência. Com isso, nós nos preparamos melhor para celebrarmos a ressurreição. Então, passamos os 40 dias da Quaresma, rezando um pouco mais intensamente, meditando a palavra de Deus com um pouco mais de assiduidade. Nós passamos o tempo da Quaresma dedicados à caridade, mais do que em outros momentos, não para que as pessoas vejam, mas para que nós demonstramos a Deus que temos um coração contrito, arrependido, renovado e refeito, refeito por aquilo que é a proposta para nossa vida de fé”, reforça Dom Airton.

Caminhada penitencial rumo à Páscoa

Fiéis participaram da missa com a imposição das cinzas.

Por sua vez, o Pároco e Reitor da Catedral, Padre Geraldo Dias Buziani, recorda que a Quarta-feira de Cinzas também abre os preparativos para a semana maior da fé católica. “Este é um momento singular e importante porque marca já não só o caminho espiritual de penitência, de intensificar mais a oração, a caridade, mas também os preparativos para a Semana Santa”, pontua.

Em Mariana, cidade sede desta Igreja Particular, a celebração da Quarta-feira de Cinza é marcada pela comunhão das três paróquias urbanas (Nossa Senhora da Assunção, Nossa Senhora Aparecida e Sagrado Coração de Jesus) para celebrarem em unidade a missa penitencial com o Arcebispo.

Campanha da Fraternidade

A celebração de imposição das cinzas, tradicionalmente, marca também a abertura da Campanha da Fraternidade que, neste ano, tem como tema “Fraternidade e Amizade Social” e como lema “Vós sois todos irmãos e irmãs” (Cf. Mt 23,8).

Conforme Padre Geraldo, o tema proposto para 2024 é um convite para que a gente viva a caridade inspirados pela fraternidade social. “Ou seja, que nós vejamos o outro não como inimigo, apesar de suas falhas, defeitos, mas vejamos como irmão porque este é o caminho para superação da divisão, das guerras, das brigas”, enfatiza.

Fotos: Carol Pessoal/Prefeitura de Mariana/Divulgação

Leia também:

Papa Francisco envia mensagem ao Brasil por ocasião da Campanha da Fraternidade 2024

Em mensagem para a Quaresma, Papa Francisco afirma que a humanidade tateia ainda na escuridão das desigualdades

Agenda