sexta-feira

, 14 de junho de 2024

Decisões das Assembleias Arquidiocesana e Regional são discutidas pelos padres da Região Leste

14 de dezembro de 2023 Arquidiocese

Convocados pelo Vigário Episcopal, Padre Luiz da Paixão Rodrigues, mais de 30 padres da Região Pastoral Mariana Leste estiveram reunidos na última terça-feira, 12 de dezembro, para tomar conhecimento das prioridades pastorais aprovadas pelas Assembleias Arquidiocesana e Regional de Pastoral. Realizadas, respectivamente, em setembro e em novembro, os eventos eclesiais apontaram a necessidade de implementar o Projeto Arquidiocesano de Evangelização (PAE).

Dentre as ações pastorais indicadas pela 30ª Assembleia Arquidiocesana, apresentadas pelo Vigário Episcopal, estão o fortalecimento das comunidades, a implementação dos Grupos de Reflexão, a formação permanente das lideranças, a otimização da comunicação, a ecologia integral, o trabalho com a juventude e aplicação do Plano Arquidiocesano de Catequese.

“A Assembleia da nossa Região Leste escolheu como ação prioritária o fortalecimento das comunidades no espírito da sinodalidade e a formação dos discípulos missionários”, explicou Padre Luiz da Paixão.

De acordo com ele, os meios indicados pela Assembleia Regional para viabilizar as ações pastorais vindas da Arquidiocese foram o fortalecimento dos Conselhos Paroquiais e Comunitários de Pastoral, a formação continuada das lideranças e a organização das coordenações regionais de pastoral.

Padre Luiz da Paixão também explicou que o Conselho Regional de Pastoral (CRP) já se reuniu e propôs a criação de um curso em parceria com o Conselho do Laicato de Mariana (CLAM) para a formação das lideranças. “Foram indicados alguns nomes para compor uma equipe que se encarregará de montar esse curso para a região”, detalhou.

Vários padres confirmaram a necessidade de se investir na formação dos leigos e leigas, mas apresentaram algumas dificuldades que precisam ser vencidas para que a proposta dê certo, dentre elas, as distâncias de algumas paróquias em relação ao Centro de Pastoral Regional, em Ponte Nova (MG), onde ocorre a maioria dos encontros e cursos regionais.

Coordenações Regionais

Padre Luiz da Paixão apresentou também o pedido de várias pastorais que reclamam a indicação de um presbítero como seu Coordenador Regional. Destacou que o excesso de trabalhos e a extensão na Região dificultam sua presença em vários momentos e atividades regionais.

Os padres reforçaram a necessidade de que as pastorais tenham a presença do Coordenador Regional também como forma de auxiliar o vigário episcopal em seus trabalhos. Foram, então, apresentadas as pastorais que já têm definidos seus coordenadores ou assessores regionais:

  1. Padres Luiz Faustino e João do Carmo: Comunidades Eclesiais de Base (Ceb’s) e Grupos de Reflexão;
  2. Padre Fernando Paulo: Missões;
  3. Padre Geraldo Martins: Dimensão Sociopolítica;
  4. Padre Pedro Hugo: Pastoral da Comunicação;
  5. Padre José Afonso: Pastoral do Dízimo;
  6. Padre Carlos Heitor: Juventude;
  7. Padre José Geraldo da Silva (Pe. Juquinha): Pastoral Carcerária;
  8. Padre Thiago José Gomes: Pastoral da Saúde.

Durante a reunião, novos coordenadores foram indicados para as seguintes pastorais:

  • Pastoral Familiar: Padre José Maria Coelho;
  • Catequese: Padre Vicente Silva;
  • Liturgia: Padre Geraldo Trindade;
  • Pastoral do Batismo: Padre Márcio Henrique.

Em sua última edição, o Jornal Pastoral trouxe uma matéria detalhando as decisões sobre a 30ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral, bem como a prioridade e ações pastorais assumidas. Ainda, em artigo, o Assessor Arquidiocesano das Cebs, Padre Paulo Barbosa, escreveu sobre a importância dos Grupos de Reflexão. LEIA AQUI

Texto e foto: Pastoral da Comunicação da Paróquia São João Batista, em Viçosa (MG)

Leia também:

30ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral aponta a implementação do PAE como instrumento para reanimar as comunidades

CAP avalia as Assembleias Arquidiocesana e Regionais de Pastoral