domingo

, 14 de agosto de 2022

Mais um Pastor para a Igreja: Dom Lauro é o mais novo bispo do Brasil

27 de janeiro de 2022 Arquidiocese

Alegria, gratidão e emoção marcaram a ordenação episcopal de Dom Lauro Sérgio Versiani Barbosa, Bispo da Diocese de Colatina (ES), nesta terça-feira, 25 de janeiro, festa litúrgica da Conversão de São Paulo. A celebração foi realizada na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Viçosa (MG), onde o novo bispo atuou por sete anos como pároco.

A celebração foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Mariana, Dom Airton José dos Santos, que foi o ordenante principal. Ainda, estiveram presentes e foram os prelados consagrantes o Arcebispo Emérito de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, e o Arcebispo Metropolitano de Vitória, Dom Frei Dario Campos, OFM.

Dom Lauro com os colegas do episcopado

Após o início do rito de ordenação, em sua homilia, Dom Airton pontuou que não é sempre que um bispo tem a honra de ser ordenado por três arcebispos como Dom Lauro e agradeceu a presença dos Bispos Filhos de Mariana: o Bispo da Diocese de São João Del-Rei (MG), Dom José Eudes Campos do Nascimento, o Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte (MG), Dom Geovane Luís da Silva, e o Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Salvador (BA), Dom Valter Magno de Carvalho.

Refletindo sobre a liturgia do dia, o Arcebispo Metropolitano de Mariana disse que “o apóstolo de Cristo escolhido dentre todos para ser Pastor do Povo de Deus deve, antes de tudo, confiar em Deus”, destacando que, certamente, Dom Lauro confia naquilo que Deus pode fazer através do seu ministério. Ainda, ressaltando sobre a missão do Pastor, Dom Airton afirmou que os bispos têm como responsabilidade anunciar a Palavra de Deus, governar através do seu exemplo e santificar o Povo de Deus por meio da vida de oração, dos sacramentos e pelo testemunho vivo de amor com aqueles que mais sofrem. Em seguida, deu-se continuidade ao rito de ordenação.

Emocionado, ao final da celebração, Dom Lauro dirigiu aos presentes uma mensagem de agradecimento, recordando a todos aqueles com quem conviveu ao longo dos seus 26 anos de sacerdócio e que passaram por toda sua trajetória até o episcopado.

“Estou enviado em missão para servir à Igreja, que está em Colatina (ES), em nome do Senhor. […] Só ocorrem-me as palavras de São Paulo: ‘tudo posso naquele que me dá força’. Confiando na graça de Deus, parto para a missão assumindo a postura de escuta do Espírito Santo, da Palavra de Deus e das pessoas e comunidades na Igreja e na sociedade com atenção aos sinais dos tempos para o discernimento de uma a Igreja Sinodal”, enfatizou o novo bispo do Brasil.

Alegria e esperança

Além de amigos, familiares, colegas do episcopado, religiosos, religiosas e fiéis leigos e leigas, estiveram também presentes na ordenação integrantes dos Cleros de Mariana e Colatina.

Fiéis acompanham a ordenação no adro da Igreja.

Devido às restrições por causa da pandemia, a participação presencial foi restrita e telões foram posicionados no adro da Igreja Matriz para que os fiéis pudessem acompanhar a celebração. Ainda, houve a transmissão pelas redes sociais da Arquidiocese de Mariana.

Para a Coordenadora da Dimensão Litúrgica da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, Sônia Barbosa, um misto de emoções perpassaram em seu coração com o momento. “Uma alegria e uma gratidão imensas vê esse coroamento da missão dele que desde o início [demonstrou] essa sua identificação como pastor, como profeta e como amigo do povo. Ao mesmo tempo, uma tristeza por ele estar indo para outra Diocese e saindo da nossa paróquia”, afirmou enfatizando que a Igreja do Brasil ganha muito com isso.

Dom Lauro com os padres do Clero de Colatina

Segundo o padre do Clero de Colatina, Luismar Passarelli, participar desse momento foi de uma alegria muito grande, de amor e de acreditar que a Igreja continua firme e viva na dimensão da humanidade. “Para nós, um motivo de alegria e esperança na certeza que estamos caminhando com Jesus Cristo, Senhor da vida, Senhor da história”, disse o sacerdote pontuando que há uma movimentação bonita e com o envolvimento de todas as forças vivas da Diocese de Colatina para a acolhida do novo bispo no próximo dia 02 de fevereiro.

“O sentimento é de grande alegria de perceber mais um irmão da Arquidiocese de Mariana que vive essa experiência agora da plenitude do sacerdócio como bispo. Continuamos unidos na prece, na oração e na amizade. Peço a Deus que Dom Lauro seja feliz nessa missão de apascentar o Povo de Deus na Diocese de Colatina”, descreveu sobre o momento Dom Valter Magno que no último dia 23 de janeiro comemorou o seu primeiro ano como bispo.

Da esquerda para direita: Dom José Eudes, Dom Geovane, Dom Geraldo, Dom Airton, Dom Frei Dario, Dom Lauro e Dom Valter Magno

Acesse mais fotos da Ordenação AQUI

Veja o vídeo especial preparado AQUI

Veja também:

Já está disponível a agenda com as primeiras celebrações do Monsenhor Lauro após ordenação episcopal

Agenda