terça-feira

, 23 de abril de 2024

Nova edição do Missal Romano já está disponível na Arquidiocese de Mariana

27 de outubro de 2023 Arquidiocese

Foto: Pe. Bruno Gomes

A nova edição da tradução brasileira típica do Missal Romano já está disponível na Arquidiocese de Mariana. A encomenda chegou à Cúria Metropolitana na última segunda-feira, 23 de outubro.

Ao todo, a Arquidiocese de Mariana fez o pedido de 559 exemplares, que serão distribuídos às 137 paróquias, Seminário São José e Centro Arquidiocesano de Pastoral, além das comunidades religiosas femininas presentes no território arquidiocesano. Desde a última quarta-feira, dia 25, os Missais estão sendo entregues às regiões pastorais, as quais são as responsáveis por encaminhá-los aos sacerdotes.

“A chegada do Missal Romano na sua terceira edição típica na tradução em língua portuguesa é um momento importante para Arquidiocese e para Igreja do Brasil”, afirma o Reitor da Catedral e Doutor em Liturgia, Padre Geraldo Buziani.

Dom Airton recebe a encomenda do novo Missal Romano. Foto: Pe. Enzo dos Santos

A preparação para a acolhida do livro litúrgico na Igreja Particular de Mariana, que é o segundo mais importante das celebrações, iniciou-se em setembro, quando aconteceram as primeiras formações sobre a nova edição do Missal Romano para o clero. Os encontros, realizados por região pastoral, tiveram a assessoria do Padre Geraldo Buziani e a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Airton José dos Santos.

Segundo o Doutor em Liturgia, durante as formações foram abordados temas sobre o sentido teológico da liturgia, a importância da ritualidade nas experiências de fé e sacramental, bem como o sentido da Eucaristia. “Depois trabalhamos um pouco como surgiu esse livro na história da liturgia, o seu processo evolutivo até o Missal que temos agora, que é fruto da reforma litúrgica do Concílio Vaticano II”, relatou o sacerdote.

“Então mostramos nessa formação esta continuidade, esta unidade da Lex orandi da Igreja que quer dizer que não existe uma ruptura entre os missais, mas que o atual Missal recolhe toda a riqueza patrimonial orante da Igreja numa unidade. Ao mesmo tempo, ele representa a síntese mais madura dessa evolução do rito romano”, detalhou Padre Geraldo Buziani.

Detalhes da nova edição do Missal. Foto: Rodrigo Araújo

O processo de tradução brasileira da terceira edição típica do Missal Romana começou em 2002, quando foi autorizado pelo Papa João Paulo II, tendo sido necessários 19 anos para a sua conclusão. Os trabalhos foram coordenados pela Comissão Episcopal para os Textos Litúrgicos (Cetel) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da qual o Arcebispo Emérito de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, fez parte e colaborou no processo de tradução e revisão do texto.

Durante a 59ª Assembleia Geral dos Bispos Brasil, em 31 de agosto de 2022, a tradução da terceira edição do Missal Romano foi aprovada. A confirmação do uso por parte da Santa Sé ocorreu em 17 de março deste ano.

“Agora, temos em mãos esse Missal que traz um grande número [de] novos de prefácios, todas as orações eucarísticas, [que] foram revisadas na sua tradução como todos os outros formulários. Além disso, esse novo Missal incorpora os últimos santos elevados para a celebração no calendário universal, de modo que é uma alegria muito grande para nossa Igreja receber esse missal”, enfatiza Padre Geraldo.

Para ele, essa edição “traz uma grande riqueza de orações e [que é] mais apurada para favorecer uma melhor participação dos fiéis no mistério da Eucaristia”.

O uso da nova edição da tradução brasileira típica do Missal Romano é obrigatório para todas as comunidades e paróquias do Brasil a partir do dia 3 de dezembro, primeiro domingo do Advento.

Apresentação do Missal pela Arquidiocese

Formação dos seminaristas sobre a nova edição do Missal. Foto: Caio Amora

Na noite desta quinta-feira, 26 de outubro, os seminaristas da Arquidiocese de Mariana foram apresentados à terceira edição típica do Missal Romano. Na oportunidade, eles participaram de uma formação conduzida pelo Padre Geraldo Buziani.

Já nesta sexta-feira, dia 27, tem início em Barbacena (MG), o Encontro Arquidiocesano de Liturgia que traz como tema “Lex orandi, lex credendi: a oração e a fé da Igreja a partir da nova tradução do Missal Romano”.

Além disso, aos que se interessarem em informar-se sobre a terceira edição do Missal Romano, a CNBB está oferecendo um itinerário informativo de aprofundamento. Outras informações estão disponíveis em: missalromano.com.br

Confira alguns registros dos sacerdotes que já receberam a nova edição:

Fotos da galeria: Ana Paula Mendes dos Santos e Rodrigo Araújo

Agenda