segunda-feira

, 22 de abril de 2024

Pastorais e grupos da Região Mariana Sul recebem formações baseadas no PAE

16 de março de 2023 Arquidiocese

A Região Mariana Sul promoveu no último sábado, 11 de março, mais uma etapa de suas formações regionais, focando em pastorais e grupos diversificados. Baseando-se nas diretrizes do Projeto Arquidiocesano de Evangelização (PAE), os coordenadores paroquias da Pastoral Familiar e os membros do Conselho Econômico Paroquial (CAEP) puderam participar de momentos de aprendizado e troca de vivência. Além disso, a Catequese realizou também, conforme a agenda regional, reunião com seus Coordenadores Paroquias de Catequese, focando na melhoria de seu trabalho e na troca de conhecimento.

Veja como foi cada uma dessas ocasiões:

Pastoral Familiar

O Assessor Regional da Pastoral do Dízimo e Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Rosário em Alfredo Vasconcelos (MG), Padre Leonardo Sérgio Rosa Carvalho, ministrou a formação para os agentes e coordenadores paroquias da Pastoral Familiar. Contando com a participação ativa dos presentes, com a representação de 27 das 32 paróquias que compõe a Região, os participantes puderam não só conhecer mais sobre o PAE, mas também apresentar suas realidades, discutir assuntos em grupo e apresentar seus trabalhos pastorais.

O Casal Coordenador da Pastoral Familiar na Paróquia Bom Pastor, em Barbacena (MG), Nelson e Isabel, expressou seu contentamento com este momento de encontro. “O encontro foi um momento propício para os agentes trocarem informações a respeito do funcionamento e da dinâmica de atuação que cada pastoral, em sua paróquia/comunidade, estabelece. Foi, portanto, extremamente produtiva essa formação, uma vez que todos pudemos perceber que os desafios e dificuldades são praticamente os mesmos. Aguardamos, ansiosos, os próximos encontros”, disse o casal.

Conselho Econômico Paroquial – CAEP

Representantes das 32 paróquias da Região Mariana Sul compareceram a essa formação, que contou com a presença de 65 pessoas, entre tesoureiros (as), secretárias, párocos e administradores paroquiais. Ministrado pelo Ecônomo da Região Mariana Oeste e Pároco da Paróquia Bom Pastor de Conselheiro Lafaiete (MG), Padre Edir Martins Moreira, à ocasião, foram apresentados desde conceitos básicos de formação do Conselho Econômico Paroquial, passando por instruções do Manual do Conselho, especialmente do Conselho Econômico, e dando ênfase também a importância do sistema Theòs para organização contábil e financeira da paróquia, bem como a importância da atuação dos leigos na vida da comunidade, na vida da administração de bens da Igreja.

Na avaliação do Pároco da Paróquia Divino Espírito Santo, em Barbacena, Padre Jorge Luiz de Miranda Vieira, o assessor transmitiu a informação de forma clara e com exemplos práticos vivenciados nas paróquias. “Muito produtiva a formação e muito enriquecedora”, declarou.

Reunião do CAEP.

De acordo com o Pároco da Paróquia Sant’Ana e São Joaquim, em Antônio Carlos (MG), Padre Daniel Ângelo Henriques, durante o encontro foi ressaltada a importância do Conselho para aconselhar o pároco, a fim de caminhar juntos nesta sinodalidade, na busca de resolver conflitos, na busca de procurar soluções, na busca de fazer com que o financeiro esteja sempre unido ao pastoral.

“Ficou muito marcante na sua fala esta junção entre o Pastoral e o Financeiro: a pastoral precisa do apoio financeiro; [por isso] deve-se lidar com o financeiro de forma pastoral, de forma caritativa, de forma comunitária, a fim de distribuir os bens em prol da ação evangelizadora. Isso ficou muito marcante”, afirmou Padre Daniel.

Padre Daniel ainda lembrou que durante o encontro as pessoas puderam tirar suas dúvidas sobre a importância de caminhar juntos com Theòs, de procurar formação sobre o esse sistema, que vem ajudando na parte administrativa, na parte burocrática da paróquia. “Padre Edir deixou muito claro para nós que tudo está em comunhão, que todo pequeno gesto faz uma grande diferença nesta vida de construção da nossa Igreja, da construção de nossa caminhada”, enfatizou.

Segundo a secretária da Paróquia Bom Pastor, em Barbacena, Ana Carla Mendes dos Santos, a formação foi motivadora, pois ajudou a refletir sobre a importância do Conselho Econômico enquanto Ação Evangelizadora na Igreja. “Mostrou que existem bons caminhos para dinamizar o setor dízimo/CAEP na questão da administração dos bens e recursos da Igreja, visando sempre o bem do próximo por meio da unidade e do sistema introduzido pela Arquidiocese.  Além disso, encontrar membros dos Conselhos de outras paróquias, que muitas vezes só conhecemos por telefone ou e-mail, e poder compartilhar ideias e experiências, alegrou muito mais a dinâmica da formação”, partilhou.

Quem também compartilhou dessa visão é a tesoureira Cleunice da Paróquia Nossa Senhora do Livramento, em Oliveira Fortes (MG): “além de aprendizado, e aprendizado de qualidade, a formação foi um momento de encontro com os irmãos, de troca de experiências, foi um momento muito agradável. Parabenizando a Ana, que é uma pessoa muito querida. Parabenizo a todos os envolvidos, agradecendo de coração por esse momento tão especial para as nossas vidas, para as nossas comunidades. Deus abençoe a todos”, expressou.

Reunião da Catequese

Conforme previsto em agenda, a Catequese realizou sua reunião com coordenadores das paróquias da Região Mariana Sul. À ocasião, 28 paróquias, das foranias de Rio Pomba, Alto Rio Doce, Barbacena e Carandaí, estavam representadas por coordenadores e coordenadoras comprometidos e focados na melhoria constante de seus trabalhos.

Contando com uma equipe de coordenação, a reunião foi administrada por uma das representantes, Elizabete Junqueira.  Em forma de “roda de conversa”, foram traçados planos para o próximo mês de trabalhos pastorais da Dimensão, assim como planejamento para recepção do novo assessor Arquidiocesano de Catequese, Padre Bruno Gomes Silva.

A representante da Paróquia de Nossa Senhora das Mercês, em Mercês (MG), a Coordenadora Terezinha Maria Rosa, expressou o contentamento deste momento de comunhão: “a assessora trabalhou o tema muito bem,  momento em que nós catequistas podemos enxergar que toda vocação é graça de Deus e também missão”, ponderou.

“O Papa Francisco nos lembra que a vocação não consiste em apenas atividades que temos que cumprir, embora se expresse nelas: é algo maior, chamados de Deus. Nós, catequistas, aprendemos ainda mais que toda genuína vocação está em um encontro decisivo com o Senhor. Somente a vocação alimentada pela intimidade com o Senhor”, completou Terezinha.

Ao final do encontro, a Coordenadora Fátima Tostes passou algumas informações sobre a responsabilidade e missão dos catequistas, além de outras informações sobre o Assessor da Catequese.

Agenda da Região

A Região Mariana Sul continua com sua agenda de formações, com a próxima programação para o dia 15 de abril. As formações serão para coordenadores paroquiais, com assessoria do Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, Padre José Geraldo de Oliveira, um bate-papo com as Juventudes, com o Assessor Regional, Padre Wagner Balbino, e reunião para apresentação do novo Assessor Arquidiocesano da Catequese, Padre Bruno Gomes Silva, com os coordenadores da Catequese.

Mais informações serão divulgadas posteriormente! Participe!

Texto e fotos: Ana Paula Mendes dos Santos

Veja também:

Região Mariana Sul realiza VII Seminário Regional da Pastoral da Juventude

Agenda