segunda-feira

, 04 de março de 2024

Sacerdotes e colaboradores da Casa do Padre, em Barbacena, participaram de confraternização pelo fim do ano

04 de janeiro de 2024 Arquidiocese

Em clima de fraternidade e gratidão, os padres e funcionários da Casa do Padre, na cidade de Barbacena (MG), reuniram-se em almoço de confraternização no último dia 22 de dezembro.

Os presbíteros responsáveis por cuidar e administrar a Casa, Padres Sebastião César Moreira, OCS e Afonso Chagas, OCS, organizaram um almoço comemorativo, no refeitório do Centro Regional de Pastoral, celebrando o ano de 2023 e suas conquistas.

Na oportunidade, alguns dos sacerdotes do clero marianense também estiveram presentes. Também os funcionários da Casa, da Paróquia Bom Pastor e do Centro de Pastoral Regional participaram como convidados, levando seus familiares para conhecer não só o local de trabalho, mas cada padre que faz parte de sua rotina diária.

O vigário Episcopal da Região Mariana Sul, Padre Adelson Laurindo Sampaio Clemente, presente na confraternização, ressaltou a importância de momentos como esse e da acolhida por parte de outros padres aos irmãos sacerdotes que são, hoje, assistidos pela Casa.

Os padres de Barbacena e da Região Mariana Sul também participaram do almoço.

“Foi um momento muito importante e sinalizando também a necessidade desse local de acolhida a esses padres que deram uma contribuição bonita para nossa Arquidiocese e que agora estão cuidando da saúde, em repouso. Cabe a nós, padres que estamos na atividade, [ser] esta visita, esta presença. Foi um momento muito rico! Que se repita outras vezes e que nossos irmãos sacerdotes reservem um tempinho na agenda para visitar a esses irmãos que estão na Casa dos Padres”, disse Padre Adelson.

Há dois anos e sete meses como cuidador dos padres da Casa, João Gualberto Barbosa frisou o quanto é gratificante o convívio, que vai além das funções de cuidador. “Trabalhar como cuidador na Casa dos Padres, não é só um trabalho: é um momento de partilha, de convivência e de troca de experiências, onde eles relatam um pouco da sua vivência, do que passaram. O trabalho fica gratificante e tranquilo. Fico muito feliz em prestar esse serviço à Arquidiocese, de contribuir com o cuidado de cada um”, descreveu João Gualberto.

“Nesse almoço, outros padres da cidade puderam compartilhar um pouquinho dessa rotina, desse convívio, o que contribui muito para saúde daqueles que hoje requerem mais cuidados e que estão na Casa, sendo assistidos”, complementou o cuidador.

Para o Padre Jorge Henrique Abreus Tanus, CP, Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Penha, em Barbacena, “a participação no almoço de fim de ano na Casa dos Padres foi importante no fortalecimento da amizade. Também proporcionou o convívio fraterno com os padres, em especial, aos residentes da casa. Me alegra rever, conversar com os padres mais experientes na evangelização”.

A Casa do Padre

Estrutura do prédio. Foto: Pe. Edir

Inaugurada em janeiro de 2023, em prédio ligado à Paróquia Bom Pastor, em Barbacena, a Casa do Padre tem como objetivo acolher aos sacerdotes idosos ou enfermos e está sob os cuidados dos religiosos da Congregação Oblatos de Cristo Sacerdote.

Segundo o Administrador da instituição, Padre Sebastião César Moreira, OCS, essa Congregação religiosa tem como carisma servir o Cristo Sacerdote nos presbíteros. “A palavra oblação quer dizer colocar a serviço. Nesse sentido, Jesus foi o maior oblato do Pai, a serviço da humanidade. Assim, nosso carisma se traduz em auxiliar pastoralmente os sacerdotes em todas as suas necessidades”, explicou.

Há quase um ano à frente dessa ação, Padre Sebastião descreve esse trabalho como “muito bonito e dignificante”. “Longe de ser simples e fácil, mas, ao mesmo tempo, servimos Cristo na pessoa daqueles padres que cuidamos. Hoje estamos cuidando deles e amanhã podemos precisar de cuidados de alguém. Portanto, é um serviço de doação em favor dos padres, que aqui estão”, afirmou.

Sobre a confraternização do último dia 22, Padre Sebastião afirmou que ela teve como objetivo “mostrar a beleza da fraternidade, com a presença dos padres e funcionários, valorizando o que já fizeram e doaram de si em favor da Igreja”.

“Devemos ver neles o Cristo. Jesus diz, no Evangelho de Mateus, capítulo 25, ‘tudo que fizermos aos pequenos é a Ele que estamos fazendo’. Uma pessoa que precisa de cuidados, seja idoso ou doente, é uma pessoa que precisa da atenção, da acolhida, da compreensão, do auxílio, amizade e fé. É o que tentamos fazer e, portanto, é uma bênção e me sinto muito bem, fico feliz de estar aqui vivenciando com eles e fazendo uma experiência na minha vida sacerdotal como Oblato de Cristo”, frisou Padre Sebastião.

A Casa do Padre acolhe, atualmente, quatro padres assistidos e dois padres da Congregação Oblatos de Cristo Sacerdote como responsáveis. Auxiliados pelo cuidador de idosos, João Gualberto, a Casa permite que os padres recebam visitantes que queiram conversar com os padres, relembrar histórias da época de atividade sacerdotal, desde que estas sejam previamente agendadas.

A instituição está situada à Rua Padre Manoel Rodrigues, no Bairro do Carmo, em Barbacena.

Texto e fotos: Ana Paula Mendes dos Santos

Agenda