sábado

, 02 de julho de 2022

28ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral: expressão de sinodalidade da Igreja Particular de Mariana

13 de dezembro de 2021 Arquidiocese

Em uma expressão de Sinodalidade da Igreja Particular de Mariana, aconteceu na manhã deste sábado, 11 de dezembro, a abertura da 28ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral. Realizada nesse primeiro momento de modo on-line, o evento contou com a participação de cerca de 200 pessoas entre leigos, padres, diáconos e religiosos e religiosas da Arquidiocese de Mariana. 

Após a oração inicial, que foi conduzida por jovens da Dimensão Litúrgica, o Arcebispo Metropolitano de Mariana, Dom Airton José dos Santos, destacou o caminho percorrido na construção do novo Projeto Arquidiocesano de Pastoral (PAE). Ainda, ele pontuou que o objetivo do primeiro dia da assembleia foi fazer chegar a todos o texto do documento, que será aprovado no dia 17, quando ocorrerá a segunda etapa do evento.

Por sua vez, o Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, padre Edmar José da Silva, enfatizou que já é tradição da Igreja Particular de Mariana, ao elaborar um novo PAE, realizar o processo de forma participativa, envolvendo todas as instâncias da Arquidiocese e do Povo de Deus. 

Apresentação do documento

A primeira etapa da assembleia foi marcada pela apresentação aos participantes do texto do novo PAE. Para isso, foram realizadas exposições do primeiro e do segundo capítulo do texto, respectivamente, pelo Vigário Episcopal da Região Mariana Centro, padre José Geraldo de Oliveira, e pelo reitor do Seminário São José, Monsenhor Celso Murilo Sousa Reis. Já o terceiro capítulo, será discutido nesta sexta-feira, dia 17.

Padre José Geraldo de Oliveira apresentou o primeiro capítulo do novo PAE

Em sua fala, ao discorrer sobre o primeiro capítulo que tem como título “Contemplando a realidade com olhar de discípulo missionário”, o padre José Geraldo enfatizou que a intenção do novo PAE não é realizar uma análise de conjuntura, mas “lançar o nosso olhar para algumas realidades que saltam já aos nossos olhos, que nos chama muito a atenção”. De acordo com ele, posteriormente, cada paróquia e comunidade procurará ver a sua realidade a partir dessa chave de leitura que o documento apresenta. “Para se evangelizar, é preciso conhecer a realidade de cada pessoa”, afirmou.

Monsenhor Celso apresentou o segundo capítulo do novo PAE

Ao apresentar sobre “Os referenciais para a ação evangelizadora dos discípulos missionário”, o Monsenhor Celso pontuou que o segundo capítulo é o momento do julgar, da iluminação e da busca por referências para a ação evangelizadora. Para isso, ele propôs duas perguntas que guiaram a sua fala: “Como evangelizar nessa mudança de época? Como responder aos inúmeros desafios do momento atual?”. 

Ainda em sua sala, o ele destacou que a missão não é para ser isolada, pois Jesus quer que nós assumamos a missão em comunidade que, por sua vez, é a Igreja. Por fim, Monsenhor Celso explicou que não existe uma receita pronta para ser missionário, mas é preciso colocar-se a caminho, como pede o Papa Francisco.

Impressões

Na avaliação do Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, por ser a primeira experiência da realização da assembleia em formato híbrido, o primeiro dia foi muito positivo e bem aderido pelos convocados. “Quanto ao momento das discussões, creio que foi rico e as pessoas puderam se manifestar quanto ao conteúdo do que havia sido explanado. Claro que pelo fato de ter sido na modalidade virtual, os participantes não tiveram tanto tempo para expor suas ideias e contribuições. Isso será melhor trabalhado na modalidade presencial que acontecerá no próximo dia 17 de dezembro”, ponderou padre Edmar.

“Após ouvir tão belas reflexões, identifiquei que a ação é sair de si mesmo e ir ao encontro do irmão e testemunhar Jesus junto aos outros”, comentou o participante Sander Lourenço.

A 28ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral será concluída nesta sexta-feira, dia 17, quando ocorrerá a segunda etapa do evento, presencialmente, no Colégio Arquidiocesano de Ouro Preto (MG).

Sínodo 2021-2023

A XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos também foi pauta do evento. À ocasião, a leiga Leci Nascimento, um dos contatos arquidiocesanos para o Sínodo, falou sobre o Sínodo 2021-2023 e apresentou o cronograma de como será realizada a fase de escuta na Igreja Particular de Mariana. 

Confira o vídeo produzido sobre o Sínodo:

Veja também:

Dom Airton reflete sobre a ação missionária no primeiro dia da Assembleia Arquidiocesana de Pastoral