sábado

, 20 de abril de 2024

6ª Semana Acadêmica Dom Luciano é aberta em Mariana

23 de agosto de 2023 Arquidiocese

Aconteceu na noite desta terça-feira, 22 de agosto, a abertura oficial da 6ª Semana Acadêmica Dom Luciano. Promovida pela Faculdade Dom Luciano Mendes (FDLM), em parceria com a Domus ASF e Instituto de Teologia do Seminário São José (ITSJ), o primeiro dia do evento foi marcada pela partilha sobre a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023 feita pelos oito seminaristas da Arquidiocese de Mariana que participaram do evento em Lisboa.

Abertura

Durante a cerimônia de abertura, o Diretor Acadêmico da FDLM, Padre Edvaldo Antônio de Melo, enfatizou que, ao longo do evento, e por meio das conferências e discussões a serem realizadas, os participantes são “motivados, por meio das palavras do Papa Francisco, a estender a mão, que se dá na acolhida, no abraço, no olhar e, sobretudo, na esperança a serviço da vida”.

Neste sentido, o Diretor de Estudos do ITSJ, Padre Geraldo Buziani, espera que essa Semana Acadêmica “seja de muito estudo, espiritualidade, mas, sobretudo, que um momento de reavivar em nós a alegria de percorrer o caminho proposto pela espiritualidade cristã”, disse.

Papa Francisco e as juventudes

Seminaristas que participaram da JMJ.

Iniciando os trabalhos do evento, que também será transmitido on-line pelo canal do YouTube da Faculdade, o grupo de seminaristas que estiveram na JMJ dividiram com os presentes a experiência de terem participado do encontro da juventude a partir do tema “Papa Francisco e a solicitude pastoral para com os jovens”.

Na oportunidade, o Responsável pela Dimensão Pastoral do Seminário São José, Padre José Geraldo Coura (mais conhecido como Padre Juca), realizou um apanhado do pontificado do Papa Francisco nas Jornadas Mundiais da Juventude de anos anteriores, ressaltando o carisma, alegria e proximidade do Santo Padre para com os jovens.

Ao relatar a sua vivência na JMJ, o seminarista Mateus Lopes de Carvalho, do 2º ano de Teologia, enfatizou a fala do Papa Francisco no que diz respeito ao lugar de todos na Igreja. “Deus nos ama, Deus nos ama como somos, não como gostaríamos de ser ou como a sociedade gostaria que fôssemos: como somos. Ele nos ama com os defeitos que temos, com as limitações que temos e com o desejo que temos de seguir em frente na vida. Deus nos chama. Ninguém é inútil, ninguém é supérfluo, há espaço para todos. Assim como somos, todos”, pontuou.

Já o seminarista Marlon Ramos da Rocha, 2° ano de Filosofia, recordou a experiência de ter participado da Santa Missa de envio em Lisboa, enfatizando os três verbos ditos pelo Papa Francisco na homilia: resplandecer, escutar e não ter medo. Tantas outras experiências bonitas foram ressaltadas pelos seminaristas, sobretudo, no que dizem respeito à alegria dos jovens, ao encontro com diferentes culturas, à simplicidade e à ajuda mútua entre todos que participam deste grande evento.

Conforme frisou o seminarista Samuelson Mesquita, do 2º ano de Filosofia, parafraseando a Christus Vivit: “a juventude não é algo que se possa analisar de forma abstrata. O que há são jovens com as suas vidas concretas”. Por isso, segundo Padre Juca, é importante e urgente testemunhar a coragem de seguir a Jesus Cristo, cantando a beleza da vida.

Programação

A programação da 6ª Semana Acadêmica Dom Luciano segue até sábado, dia 26 de agosto. Neste ano, o evento traz para a centralidade do debate a temática “Por um pensar e crer a serviço da vida, da alegria e da esperança” e recorda ainda os 20 anos de fundação da entidade, os dez anos do pontificado do Papa Francisco e os 40 anos da presença das Irmãs Apóstolas da Sagrada Família.

Confira aqui a programação completa

Texto: Carlos Chaves

Fotos: Claudinei Corrêa Freitas

Veja também:

JMJ 2023: uma experiência inesquecível para os jovens da Arquidiocese de Mariana

Agenda