quarta-feira

, 29 de maio de 2024

Dom Airton manifesta solidariedade aos professores da rede pública de ensino de Minas Gerais

02 de abril de 2022 Arquidiocese

Em carta dirigida aos Párocos e Administradores Paroquiais das paróquias da Arquidiocese de Mariana neste sábado, 02 de abril, o Arcebispo Metropolitano, Dom Airton José dos Santos, manifestou sua solidariedade aos professores da rede pública de ensino de Minas Gerais. Os profissionais estão em greve desde o início do mês de março em todo o estado reivindicando o pagamento do piso salarial da categoria. 

“Estes profissionais vivem um drama em relação ao piso salarial que é insuficiente para garantir as condições mínimas de sobrevivência. Como fruto da organização e da persistência destes nossos irmãos, na última ‘quarta-feira (30/3/2022), com 50 votos favoráveis foi aprovado, no Plenário da Assembleia Legislativa, o PL 3.568/22 com as emendas que garantem os direitos das/os trabalhadoras/es em Educação’ (cf. notícias do Sindicato). Rezemos para que isso se efetive!”, afirma Dom Airton no texto. 

Lembrando que 79 municípios mineiros estão no território abrangido pela Igreja Particular de Mariana e que neste ano o tema da Campanha da Fraternidade (CF) é “Fraternidade e Educação” e o lema “Fala com sabedoria, ensina com amor” (Pr 31,26), Dom Airton pede aos Párocos e Administradores Paroquiais que neste fim de semana, dias 02 e 03, e no próximo, dias 09 e 10, incluam uma prece especial, acrescentada à “Oração dos fiéis”, pelos funcionários da rede pública estadual de ensino e rezem ao final da missa a oração da CF 2022.

“Vamos pedir ao Bom Deus que fortaleça os funcionários (trabalhadoras e trabalhadores) da educação para que sejam reconhecidos em sua dignidade e sua missão”, solicita o Arcebispo Metropolitano em outro trecho da mensagem.

LEIA AQUI A CARTA NA ÍNTEGRA

Confira a oração da CF 2022:

Pai Santo, neste tempo favorável de conversão e compromisso,

dai-nos a graça de sermos educados pela Palavra que liberta e salva.

Livrai-nos da influência negativa de uma cultura em que

a educação não é assumida como ato de amor aos irmãos

e de esperança no ser humano.

Renovai-nos com a vossa graça para vencermos o medo, o desânimo e o cansaço,

e ajudai-nos a promover uma educação integral, fraterna e solidária.

Fortalecei-nos, para que sejamos corajosos na missão de educar para a vida plena em família, em comunidades eclesiais missionárias, nas escolas, nas universidades e em todos os ambientes.

Ensinai-nos a falar com sabedoria e educar com amor!

Fazei com que a Virgem Maria, Mãe educadora, com a sabedoria dos pequenos e pobres,

nos ajude a educar e servir com a pedagogia do diálogo, da solidariedade e da paz.

Por Jesus, vosso Filho amado, no Espírito, Senhor que dá a vida.

Amém.

Veja também:

Educação é tema em destaque da Campanha da Fraternidade 2022

Comissão para Cultura e Educação da CNBB lança série especial de webinars sobre a CF 2022, na próxima quarta-feira, 30, às 17h

Seminário destaca o Pacto Educativo Global e a Pedagogia do Encontro como caminhos para uma educação humanizadora

Papa Francisco envia mensagem por ocasião da abertura da Campanha da Fraternidade