sexta-feira

, 19 de agosto de 2022

Dom Airton preside a Missa do Domingo de Ramos e abre as celebrações da Semana Santa na Arquidiocese de Mariana  

11 de abril de 2022 Arquidiocese

Celebrando a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, neste dia 10 de março, a Santa Igreja Católica vivenciou o Domingo de Ramos. Na Arquidiocese de Mariana, o Arcebispo Metropolitano, Dom Airton dos Santos, participou do rito da bênção dos ramos e da procissão, que teve saída da Igreja Nossa Senhora do Rosários dos Pretos em direção à Praça da Sé, em Mariana (MG), onde presidiu a Santa Missa.

À ocasião, concelebram a Santa Missa o Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Padre Marcelo Moreira Santiago, o Pároco da Catedral de Nossa Senhora da Assunção, Cônego Nedson Pereira de Assis, o Diretor de Estudos do Seminário São José, Padre Geraldo Dias Buziani, e o Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, Padre Luiz Roberto de Souza. Além deles, uma multidão fervorosa de fiéis acompanhou a procissão e toda a liturgia do dia.

Antes, porém, Dom Airton relembrou a volta oficial de todas as Atividades da Semana Santa com a presença dos fiéis, após dois anos de pandemia. Ele ainda ressaltou a importância de seguirmos as orientações divulgadas no último sábado, dia 09: evitar aglomerações, higienizar corretamente as mãos e utilizar a máscara.

Homilia

Durante a homilia, o Arcebispo Metropolitano falou sobre a liturgia do Domingo de Ramos que revive, no Evangelho, a Paixão do Senhor. “Ao mesmo tempo em que Jesus é chamado, quando entra em Jerusalém, como Rei de Israel, ele também é perseguido. Ouvimos o relato da Paixão hoje para compreender esse momento crucial em sua vida e na dos seus discípulos”.

Além disso, Dom Airton lembrou que nem todos entendem o porquê do sofrimento vivenciado por Jesus é importante para os Cristãos. “No mundo em que nós vivemos hoje nem todo mundo aceita que isso seja o núcleo da fé, porque nos fala do sofrimento que Nosso Senhor assumiu para si. Deus e Senhor esvaziou-se de si mesmo para viver a nossa humanidade e isso exige de nós fé”.

Campanha da Fraternidade

“A Igreja nos convida a pensar em um assunto muito sério: Fraternidade e Educação”. Assim, Dom Airton se volta à Campanha da Fraternidade 2022 que, neste ano, refletiu sobre a temática. Levando também em consideração o atual quadro dos professores da rede pública de ensino de Minas Gerais, o Arcebispo clama pela atenção e dignidade a esses profissionais que se doam ao trabalho de educar.

“Os nossos queridos professores, faxineiros e [todas] aquelas pessoas que dedicam o tempo todo cuidando dos pequenos são totalmente colocados de lado, desvalorizados e não recebem apoio. Que nós saibamos nos dedicar e valorizar essas pessoas que fazem disso experiência de vida. Ninguém nasce sabendo nada, nós aprendemos”, afirmou.

Segundo Dom Airton, deve-se valorizar e ensinar o que é divino. “Saibamos mostrar ao outro uma mensagem de paz que vem do Evangelho. Por isso, nesta Semana Santa, vamos a cada dia meditar a Palavra de Deus. Nos colocar à disposição para deixar que Deus fale em nosso coração”, continuou.

Guerra

Lembrando das pessoas que sofrem por causa da guerra, citando os pedidos do Papa Francisco, comentou sobre o assunto. “Rezemos para todos que sofrem as consequências e para que os homens que têm a responsabilidade de dirigir aos povos tenham mais consciência e bom senso”, solicitou.

Por fim, ele desejou a todos os fiéis uma ótima Semana Santa, guiada pelo Espírito do Senhor. “Que a Semana Santa seja para cada um o tempo de conversão, que implica em nossas atitudes, novos modos de fazer para que a vida continue”.

Ao final da celebração, o Cônego Nedson convidou todos a participarem das celebrações ao longo destes sete dias, assim como também da oração do Santo Ofício e dos outros ritos que revivem a experiência de Jesus em sua paixão e ressurreição.

Programação

Confira a programação das celebrações presididas por Dom Airton:

11/04 – Segunda-feira Santa: Santuário Nossa Senhora do Carmo, às 19h;

12/04 – Terça-feira Santa: Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, às 19h;

13/04 – Quarta-feira Santa: Igreja de São Pedro, às 19h;

14/04 – Quinta-feira Santa: Cerimônia do Lava Pés, Sermão do Mandatum e Transladação do Santíssimo e adoração até 00h, no Santuário Nossa Senhora do Carmo, às 19h;

15/04 – Sexta-feira Santa, Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo:

09h: Ofício das Trevas, Santuário Nossa Senhora do Carmo;

15h: Solene ação Litúrgica, Santuário Nossa Senhora do Carmo;

19h30: Sermão do Descendimento, diante da Igreja de São Francisco;

16/04 – Sábado Santo: Santuário Nossa Senhora do Carmo, às 20h;

17/04 – Domingo da Ressurreição: Praça dos Ferroviários, às 17h;

 

Veja também:

Papa no Domingo de Ramos: na loucura da guerra, Cristo volta a ser crucificado

Dom Airton divulga orientações para as celebrações da Semana Santa

Semana Santa: o significado de cada dia da celebração da paixão, morte e ressurreição de Cristo

Semana Santa é celebrada em toda Arquidiocese de Mariana; confira as programações

Dom Airton preside celebrações da Semana Santa em Mariana

Fotos: Mariana Ferreira – DACOM Arquidiocese de Mariana 

Agenda