terça-feira

, 18 de junho de 2024

Padres da Região Leste se encontram em Ponte Nova

07 de junho de 2024 Arquidiocese

Os padres da Região Mariana Leste estiveram reunidos na segunda-feira, 3 de junho, em Ponte Nova (MG), para um dia de reflexão e fraternidade. O encontro aconteceu no Espaço Clube Palmeirense e contou com a participação de 28 sacerdotes.

O primeiro momento do encontro foi marcado pela oração e reflexão do evangelho do dia: Marcos 12, 1-12. Em seguida, o Representante dos Presbíteros da Região, Padre José Afonso de Lemos, colaborou trazendo uma reflexão a partir da Carta do 19º Encontro Nacional de Presbíteros (ENP), ocorrido em abril deste ano, em Aparecida (SP), e que teve como tema “Presbíteros: testemunhas da esperança”.

“Presbíteros: testemunhas da esperança”

Para o Padre José Afonso, esse tema é de suma importância, pois “lança luz e intuições para que possamos viver nosso ministério junto ao nosso povo, como sinal também de esperança num mundo marcado por tantos desafios, tantas pessoas desalentadas, desiludidas”, disse.

“Somos chamados a viver no meio desse povo, com uma presença qualificadora, propositiva. Não de lamúrias, de pessimismos, mas numa ousadia criativa que traz esperança para o nosso presbitério e para o povo da nossa Arquidiocese”, reforçou o Pároco da Paróquia São Sebastião, em Ponte Nova.

A reflexão dos padres presentes também foi marcada pela necessidade em se debater as realidades concernentes ao tempo presente sem medo e com profetismo. Além disso, foi acentuado que é preciso intensificar ainda mais a “caminha sinodal” e comunhão no presbitério.

“Esses encontros nos ajudam a estreitar os laços de amizade e fraternidade entre nós. Temos um grande desafio: cultura narcísica, da tendência ao isolamento. O presbítero, como homem também, traz as angústias dos tempos e vivem isso também na pele”, enfatizou Padre José Afonso.

Por fim, ele também acentuou que os padres devem participar desses momentos para fortalecer o ministério. “Esses encontros fortalecem a nossa vida pessoal e ministério. Não basta ser presbítero apenas, mas é preciso ser presbítero com os irmãos do presbitério. Quando nós nos isolamos, vamos perdendo também a nossa força e entusiasmo, além de comprometer nosso ministério. É importante sempre, cada um de nós, participarmos ativamente desses momentos para convivência, para partilha, experiência de vida e para nos ajudarmos enquanto irmãos”, finalizou.

Encaminhamentos

Ao final da reflexão, o Vigário Episcopal da Região, Padre Luiz da Paixão Rodrigues, repassou alguns encaminhamentos como a Peregrinação da imagem do Sagrado Coração de Jesus que, a partir de julho, percorrerá toda a Arquidiocese de Mariana, celebrando os 150 anos da consagração ao Sagrado Coração de Jesus.

A proposta foi para que os representantes das foranias se reunissem para elaborar um calendário da visita a cada paróquia e informar, posteriormente, aos padres.

Por fim, Padre Luiz da Paixão agradeceu ao Padre Thiago José Gomes pelo tempo que esteve como Pároco da Paróquia São José, em Barra Longa (MG). A partir de julho, ele sairá em missão para atender a Paróquia do Apóstolo São Judas, em Sandy Springs, na Arquidiocese de Atlanta, Geórgia (EUA), que acolhe a comunidade de brasileiros. 

Texto e fotos: Padre Róbson da Cunha Chagas