quarta-feira

, 17 de abril de 2024

Região Pastoral Mariana Sul realiza formação sobre Sínodo

24 de fevereiro de 2022

No dia 22 de fevereiro foi a vez da Região Mariana Sul realizar a Formação para o Sínodo. De forma online, participaram 93 pessoas, dentre elas párocos, vigários paroquiais, administradores paroquiais, coordenadores, diáconos, seminaristas, membros do Conselho Regional de Pastoral (CRP), além de convidados de pastorais, conforme sugestão de cada pároco.

O Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, padre Edmar José da Silva, apresentou o conceito de Igreja Sinodal, bem como explanou sobre a importância do processo iniciado em 17 de outubro de 2021 . De forma clara e linguagem simples, foram apresentadas as propostas para esta nova etapa do processo. Responsável pelo Contato Sinodal Diocesano, Leci Conceição do Nascimento, também participou da apresentação, mostrando de forma prática, como será este processo de escuta proposto na próxima etapa do Sínodo. Evidenciando a “ Igreja de Saída”, esse processo ouvirá a todos, inclusive aqueles que se afastaram da Igreja. Leci ressaltou que não é um processo fácil, mas que poder ser implementado com a dedicação dos envolvidos.

Em um momento de espiritualidade e fé, participaram também alguns membros da Equipe de Animação do Sínodo, composta pela representante das Religiosas (Passionistas), irmã Arlene Fonseca Simões, pelo representante dos Religiosos (Salesianos), padre Sedney e pela representante da Região Sul, Magda de Fátima de Oliveira.

Vale ressaltar a participação da juventude nesta formação, o que foi destacado por Leci durante sua explanação e agradecimento. O jovem Bruno Fernando Sousa Queiroz, representante das Juventudes na Equipe de Animação Diocesana do Sínodo, foi quem mediou a formação.

O vigário Episcopal da Região Mariana Sul, padre José Julião da Silva, em sua contribuição na abertura e encerramento da formação, confirmou a n

ecessidade do compromisso de todos envolvidos e frisou a importância de cada um acreditar que é possível instaurar este processo. “Basta querer e confiar”, disse ele.

Segundo a equipe Diocesana do Sínodo, o material referente a formação será repassado às paróquias para que dê início um processo de constituição de equipes paroquiais que atuarão no processo de escuta na prática. Estas informações serão compiladas e repassadas à Região para o andamento do processo.

Texto: Ana Paula Mendes dos Santos

VEJA TAMBÉM:

Região Pastoral Mariana Oeste realiza formação sobre sínodo

Região Mariana Leste realiza formação sobre o Sínodo

Agenda

VEJA TAMBÉM