terça-feira

, 09 de agosto de 2022

CAP realiza sua primeira reunião de 2022; veja os principais assuntos tratados

05 de abril de 2022 Arquidiocese

Aconteceu no último sábado, 02 de abril, a primeira reunião do Conselho Arquidiocesano de Pastoral (CAP) de 2022. O encontro foi realizado em Mariana (MG) e contou com a participação de aproximadamente 50 pessoas. 

Confira os principais assuntos abordados durante o encontro: 

Novo PAE

Em sua fala de acolhida, o Arcebispo Metropolitano de Mariana, Dom Airton José dos Santos, discorreu sobre o novo Projeto Arquidiocesano de Evangelização (PAE), aprovado em dezembro do ano passado e lançado no último dia 17 de março. De acordo com Dom Airton, há um desafio que é seguir o PAE com propriedade e transformá-lo em plano de ação. “O PAE tem que ajudar no caminho da evangelização e da missão que nós temos na Arquidiocese”, disse.

Além disso, ele enfatizou que somente a leitura do documento não basta, mas que é preciso buscar nele as indicações para a realização dos trabalhos arquidiocesanos, a fim de caminharmos juntos, enquanto Igreja, como pede o Papa Francisco.

Sínodo 2021-2023

Dando continuidade à pauta proposta para a reunião, os Contatos Arquidiocesanos do Sínodo, Padre Edmar José da Silva e Leci Nascimento, fizeram uma contextualização e explicação de como tem sido o processo de escuta na Igreja Particular de Mariana, pontuando as formações realizadas nas cinco regiões pastorais, nas casas do Seminário São José e nas comunidades dos religiosos e religiosas presentes no território arquidiocesano. 

Ainda, foi apresentado aos membros do CAP a proposta de questionário de escuta individual.  A sugestão foi aprovada e estará disponível on-line, no site da Arquidiocese, em breve.

Leci Nascimento é um dos Contatos Arquidiocesano para o Sínodo

Conforme Leci, o processo de escuta está acontecendo dentro do itinerário proposto pela Equipe Arquidiocesana de Animação. “Destaco a responsabilidade e o comprometimento dos párocos e dos leigos e leigas para participarem das formações. É muito gratificante ver, após os encontros nas regiões, a responsabilidade dos que participaram desses momentos, organizando o processo de escuta nas paróquias, ministrando formações, preparando as equipes de escuta e motivando as pessoas a participarem”, afirmou.

Segundo ela, na formação aberta realizada no dia 21 de março, chamou a atenção da Equipe Arquidiocesana de Animação a fala de alguns participantes de que o Sínodo sobre a Sinodalidade da Igreja é uma grande inspiração do Espírito Santo, que o Papa Francisco teve para o reencantamento das pessoas, neste momento de volta presencial às  atividades. Ainda, foi sugerida a realização de uma live para partilharem as experiências de escuta que estão vivenciando. “Nós, da Equipe de Animação do Sínodo, estamos muito agradecidos com essa recepção, embora não seja surpresa porque em nossa Arquidiocese  vivenciamos muitas experiências de Sinodalidade e gostamos de caminhar juntos”, ressaltou.

Nós caminhamos juntos já há muito tempo. Nós não estamos fazendo coisa nova; estamos fazendo coisa dentro da nossa perspectiva, dentro daquilo que nós sempre fizemos ― e isso é muito positivo. Por isso, o trabalho da Equipe de Animação para o Sínodo funciona maravilhosamente bem”, reforçou Dom Airton em entrevista.

Dimensão Sociopolítica

Durante a segunda parte da reunião, a Representante Leiga da Dimensão Sociopolítica, Silene Gonçalves, apresentou a proposta da 30º Romaria dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Arquidiocese de Mariana que ocorrerá no dia 01 de maio em Acaiaca (MG), cidade que acolheria o evento em 2020 quando foi adiado devido à pandemia. Com o tema “Pacto pela vida: um grito contra a perda de direitos” e o lema “A vida é o germe da semente e o broto da nascente”, na próxima quinta-feira, dia 07, às 14h, será realizada uma reunião na EFA Paulo Freire de Acaiaca para definir o percurso da Romaria.

Silene apresenta os assuntos relacionados à Dimensão Sociopolítica durante a reunião do CAP

Ainda, Silene expôs aos participantes sobre a 6ª Semana Social Brasileira (6ª SSB) e as mobilizações que estão acontecendo na Arquidiocese de Mariana, como os momentos de estudos mensais. Os encontros são realizados on-line com transmissão pelas redes sociais (Facebook e YouTube) da Arquidiocese de Mariana. 

Já para o segundo semestre de 2022, as atividades da 6ª SSB acontecerão dentro do 8º Fórum Social pela Vida, que será realizado entre os dias 24 a 27 de novembro na cidade de Carandaí (MG), pertencente à Região Mariana Sul. Com o tema “Lutar por justiça e construir fraternidade” e o lema “A sociedade do viver em nossas mãos”, Silene apresentou os objetivos geral e específicos, o número de participantes, o formato escolhido, que será híbrido, a metodologia, bem como a programação do evento.

Calendário do CAP

Ao final do encontro, o Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, Padre José Geraldo de Oliveira, repassou aos integrantes as datas das próximas reuniões do conselho, bem como a da 29ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral a ser realizada em 23 e 24 de setembro, em formato ainda a ser definido.

Veja também:

Conselho Arquidiocesano de Pastoral volta a se reunir presencialmente

Confira vídeo explicativo sobre Sínodo 2021-2023 disponibilizado pela Equipe Arquidiocesana de Animação

Lançamento do novo PAE marca o encerramento do 32º Encontro de Presbíteros e Diáconos

6ª SSB será tema de formações realizadas ao longo do primeiro semestre de 2022

Agenda